segunda-feira, 26 de julho de 2010

Vai me dizer que nunca fez isso?!

Chuck Norris

HAUHAUAHAUHAUAHAUHAUAHAU

Será que sou eu mesmo?

Eu conheço um texto, que gosto muito de ler ele, não sei se é por causa de minha amiga (está no perfil dela), mas simpatizei com ele porque eu realmente vejo ela quando o leio. Aí senti falta de um pra mim também rsrs. Foi mais por vergonha mesmo que eu escrevi, porque eu achava que foi ela que inventou o texto ¬¬ depois que terminei o meu, eu decidi procurar no google se ele já existia, e de fato, ela o copiou, MAS SE ENCAIXA MUITO BEM NELA! D: Eu precisava de um também! Aí escrevi essa birosca aqui:


Se interessar-se por mim, aproxime-se sem medo. Tem 50% de chances de conseguir.
Sou o tipo de cara que não procura as pessoas. Eu espero que a vida simplesmente me apresente as pessoas certas.
Sou aquele que não se adapta aos padrões que o mundo impõe.
Mais teimoso do que eu... não conheço ninguém. Se eu digo que tenho certeza, pode saber que sou eu quem está certo.
Não sou tão sério quanto pareço, nem anti-social, apenas escolho muito bem as pessoas pelas quais eu darei uma parte de meu coração, mas nem sempre tenho retribuição.
Aquele que no fundo no fundo, é habitado por um garotinho, chorão, e que nunca está satisfeito com o pouco que aprende na vida.
Que vê que em uma xícara de chá, não tem apenas chá, mas também algumas ML pra pensar na vida. E quantos pensamentos... traço uma verdadeira árvore de acontecimentos , onde cada um de seus ramos simboliza um caminho a tomar. Com certezas e incertezas, levando até em consideração, que pontos negativos não são tão negativos, e sim uma forma de aprender o que pode acontecer se eu tomar tal caminho. Sou escravo da curiosidade.
Aquele que você nunca verá em um relacionamento sério, se eu não estiver disposto a dar a minha vida por tal pessoa.
"Eu te amo", não é " Bom dia ".
Um simples "oi" pode significar muita coisa. Não confio em você até que me prove que merece minha confiança. E saiba que se consegui-la, pode contar comigo pra sempre.
Excessivamente sincero. Tome cuidado como que vai me perguntar
Aquele que quer ser reconhecido pelo o que faz.
Que reconhece o valor de um verdadeiro abraço, e que enxerga a beleza através de um olhar.
E que está aprendendo aos poucos como é viver intensamente, aproveitando cada dia como se fosse o ultimo pra vivenciar.


Obrigado pela paciência

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Refletindo

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."
Fernando Sabino

terça-feira, 20 de julho de 2010

Minha vida só apronta comigo

Ontem foi um dia nada legal pra mim. E no final dele, um de meus maiores temores realizado D:

Tudo começou com o maldito dia para retornar à junta militar. Acordei cedo, peguei um mapinha, desenhei nele o trajeto que eu faria, e fui pra rua. O combinado era estar 7 horas da manhã lá. Eu acordei cedinho, saí de casa, fiz todo o caminho de olho no mapa, cheguei no bendito lugar. Mas estava tudo perfeito demais pra mim mesmo, se tem uma coisa que estou aprendendo com minha vida, é que o dia que as coisas estiverem fáceis demais, é porque tem alguma coisa errada mesmo.

- Oi, eu tenho data marcada pra retornar hoje aqui pra junta
- Como assim? você já veio antes?
-Já
- Deixa eu ver seu cam (o papel de alistamento).... retornar à junta dia 19/07/2010... ihhh meu filho, não era para você estar aqui não! era pra ter ido lá para o 28º BC (batalhão de caçadores, em outras palavras o quartelzão)
- Mas como assim!? aqui está dizendo claramente óh: RE- TOR - NAR à JUNTA, se é pra retornar, só pode ser para um lugar que eu já estive antes ! ò_ó
- Aí eu não sei porque meu filho, mas era para você estar lá agora, 7 horas em ponto.
- E onde fica isso?
- Você não é daqui?
-Não, e cheguei aqui de mapa pra senhora ter idéia (mostrando o mapa)
-Eita, deixa eu ver se te ajudo (saiu, e volta com orientações escritas) ; " Rua tenente jansermelo, bairro 18 do forte" , olha meu filho, pega o ônibus "18 do forte", que você chega lá.


Disparei

Andei MUITO de ônibus (minhas viagens de ônibus e a má orientação das pessoas dão grandes estórias)

consegui chegar

atrasado...

- Putz (conversando com o soldado da guarita), como eu faço agora?
-volta amanhã, mais cedo
-E sabe me dizer como eu faço pra voltar pra casa? (a merda)


Nada contra os aracajuanos, mas por incrível que pareça eu sempre peço orientação a alguém que não sabe orientar direito
Paulo Henrique aqui "adora" viajar de ônibus mesmo, que custa mais uma né?

Fui parar no final de linha, no Conjunto BUGIO, tem idéia de onde fica isso? Eu vou dizer, mas depois pegue sua lista telefônica e veja você mesmo(a), é na ponta da cidade, onde vento faz a curva, onde os olhos não alcançam. É pra lá que eu fui. Mas eu já sou um cara acostumado com essa GRANDE sorte que eu tenho com ônibus, e já conhecia um fim de linha (CLIQUE AQUI e veja que não foi a primeira vez), e peguei um ônibus que eu sabia que passava perto de casa. Pronto, cheguei em casa, depois de 3 horas fazendo city tour, e não fiz nada do que eu queria.

Meu humor estava uma maravilha como deve imaginar. E aí recebo uma notícia de meu pai...
Pra todo mundo essa notícia foi a melhor do ano, já pra mim, ela me dividiu ao meio.

O drama em si, eu não quero escrever aqui, mas quem me conhece já tem idéia do que seja.

Obrigado

sábado, 17 de julho de 2010

Que título o que!? to afim de colocar não.

Bem, não tenho muito o que escrever, mas senti a necessidade de escrever no blog.



Eu FINALMENTE fiz a prova prática do detran, e passei :D Cancelei as aulas de moto também, por praticamente ninguém aprovar essa minha decisão, todos sempre pedindo para eu não tirar a habilitação de moto. Eu muito teimoso ainda insistia, mas pensei; " se às vezes acontece de apenas uma pessoa nos orientar a fazer algo, e quando teimamos, nos damos mal, imagina o poder que tem, quase todas as pessoas lhe orientando a mesma coisa? " é de se assustar. Mãããs, o detran sempre muito desgraçado comigo, vai me fazer esperar uma semana pra receber a habilitação(o normal é sair em 2 dias depois da prova).

Segunda-feira tenho que voltar à junta do serviço militar D:
Odeio aquele lugar.
Porque eu odeio?
Há, sou o Paulo Henrique né... DE TUDO acontece só comigo. Eu fui lá ano passado me alistar, como bom cidadão brasileiro, mimimi, fazendo 18 anos no corrente ano.
ok, fui lá mais ou menos em maio de 2009, e carimbaram: "retornar à junta dia 19/07/ DE DOIS MIL E DEZ!!!!
porque todo mundo pode voltar no mesmo ano e se livrar logo dessa porcaria, e o Paulo Henrique não?!
E pra lembrar disso? me diga!
aff... eu embalei o papel lá num saco transparente, e colei na porta do meu guarda-roupa (que lindo não?)
mas falta pouco pra nunca mais voltar naquele lugar.





E atualmente estou lendo o livro "A hospedeira", muito bom, mas tem que ter paciência com ele, porque é extremamente detalhista, e muitos detalhes cansam a mente, se eu pegar pra ler todo dia, eu leio 10 páginas (1 capítulo D: ), porque eu tenho a imaginação muito fértil, então acho que perco mais tempo imaginando do que lendo, rsrs. Agora deixo de ler uns 2 dias e quando pego pra ler, eu leio de 60 páginas pra cima.

Estou sentindo a necessidade de voltar para uma academia. O bem estar que ela proporciona é ótimo e fiquei muito tempo com o corpo parado. Vou esperar minha irmã ir embora pra dar início, porque se eu começar nessa semana, eu vou ficar a semana inteira arrebentado sem poder sair direito com ela :S

Nossa, eu achando que não ia escrever muito, até que escrevi alguma coisa. Tudo bem que são fatos de minha vida, mas grande coisa, não é nada que me comprometa mesmo, e se eu gosto de escrever sobre essas coisas que alguns podem achar desnecessário, é problema meu não é verdade?

então obrigado a quem tem paciência de ler, e obrigado à minha Amiga que me incentiva a escrever aqui :D

Obrigado

terça-feira, 13 de julho de 2010

Usem Filtro Solar

Aqui um vídeo que passa uma mensagem que eu particularmente adoro. Já é bem conhecido, mas acho que foi o tipo de mensagem que quando se espalhou pela internet, todo mundo viu, e a maioria gostou e tudo, mas a mensagem entrou por um ouvido e saiu pelo outro. Eu gosto dele desde que apareceu, e o possuo no computador a muito tempo. Assisti hoje e achei que seria legal compartilhar com quem ainda não conhece ou fazer alguém que já o conhecia mas não leva a mensagem para sua vida.



LETRA

Nunca deixem de usar filtro solar!
Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro,seria esta: use filtro solar.Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar
estão provados e comprovados pela ciência;
já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante.

Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.
Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder
e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e
perceber de um jeito - que você nem desconfia hoje em dia
quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente,
e como você realmente tava com tudo em cima.
Você não é tão gordo(a) quanto pensa!

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca
passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às quatro
da tarde de uma terça-feira modorrenta.
Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.
Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo.
É assim pra todo mundo.

Desfrute de seu corpo.
Use-o de toda maneira que puder. Mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele.
É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.
Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.

Dedique-se a conhecer os seus pais.
É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado
e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas
e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar,
mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.
Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem,
os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes,
e as crianças, respeitavam os mais velhos.
Respeite os mais velhos.
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada.
Talvez case com um bom partido.
Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.

Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos quarenta
vai aparentar oitenta e cinco.
Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas no filtro solar, acredite!