sábado, 30 de outubro de 2010

Eu juro que estávamos “drogados” de sono…

Foi uma conversa de msn de madrugada com uma amiga e que rendeu MUITA merda. Portanto, se prepare psicologicamente.

Já começa assim ....

(00:48) Paulo Henrique ∞: vou contar pra sua mãe

(00:49) '-: mamãe já sabe de tudo

(00:49) Paulo Henrique ∞: mas "eu sei o que vcs fizeram no verão passado" e ela não

(00:50) '-: e o que eu fiz verão passado? Ö não fui eu, juro! eu tenho uma sósia que se passa por mim

(00:51) Paulo Henrique ∞: ahh tá explicado então

(00:52) '-: pra tudo se tem uma explicação e você não me conhecia no verão passado

(00:52) Paulo Henrique ∞: nossa, sua sósia estava chorando muito sentada num píer, e mandando ver num pote de sorvete

(00:52) '-: é... definitivamente não era eu. Sorvete engorda

(00:53) '-: HDUASHUDSHAUDHASUDHASUDHSUAHDUADHUASDHASUDHAS

(00:53) Paulo Henrique ∞: hsaushaushasu

cê num sabe! esse píer era no lago ness

(00:53) Paulo Henrique ∞: e o monstro do lago saiu de lá, bateu com o rabo nela. Aí o pote dela caiu na areia

(00:54) '-: Ö

(00:54) Paulo Henrique ∞: e mesmo assim ela queria terminar o sorvete, mas o mostro pegou e lambeu tudo !

(00:54) '-: OMD, que malvado ¬¬

(00:54) '-: e você não fez nada?

(00:54) Paulo Henrique ∞: tá por fora

(00:54) '-: só observou?

(00:54) Paulo Henrique ∞: eu gritei: Rex!

(00:54) Paulo Henrique ∞: aí ele botou o rabinho entre as patas e regurgitou o sorvete

(00:55) Paulo Henrique ∞: sendo que não foi tudo. Aí eu olhei sério pra ele e ele devolveu a colher tb. E mergulhou de volta

(00:56) Paulo Henrique ∞: fazendo bolhinhas na água que escreviam "Desculpe"

(00:56) '-: aaaaaaaaaaaaaah foii um desperdicio de sorvete, deixasse o coitado comer

deve ter ficado tristinho "/ . Minha sósia ia entender. malvado u.u

(00:56) Paulo Henrique ∞: de boas... ele supera

(00:57) '-: darei um pote de sorvete pra ele HDUASHDUASHDUAS

(00:57) Paulo Henrique ∞: hsuahsaushaush

(00:57) Paulo Henrique ∞: ele adora pq o dono dele anterior a mim, era o pé grande, que roubava sorvete pra ele

(00:57) '-: e como você encontrou ele?

(00:58) Paulo Henrique ∞: foi um belo dia, me lembro com se fosse hoje. Eu estava no píer jogando pedrinhas

(00:58) Paulo Henrique ∞: então depois que eu joguei uma e voltei a procurar outra, a pedrinha voltou pra mim. Aí eu estranhei

(00:59) '-: Ö

(00:59) Paulo Henrique ∞: e joguei ela de volta e fiquei esperando. Aí qnd eu vi, ele saiu bem rápido deu uma patada e mergulhou de novo.

(00:59) Paulo Henrique ∞: beleza né, peguei uma câmera e joguei de volta. Quando ele apareceu... Eu tirei a foto!

(00:59) '-: Ö

(00:59) Paulo Henrique ∞: ele ficou muito puto, pq eu tirei sem ele fazer pose

(01:00) '-: e o que mais aconteceu?

(01:00) Paulo Henrique ∞: e ele queria ver como tinha ficado, e eu não deixei

(01:00) Paulo Henrique ∞: aí ele fez aquele negócio com os dedinho pra cortar a amizade

(01:01) '-: belem belem?

(01:01) Paulo Henrique ∞: acho que é , e eu não queria

(01:01) '-: então foi feio a situação

(01:01) Paulo Henrique ∞: aí eu mostrei a foto pra ele e apaguei na frente dele. Depois desse dia, ficamos bem amigos

(01:02) '-: owwwwn, que meigo. E você não leva sorvete prele?

(01:02) Paulo Henrique ∞: não

(01:02) '-: ÖÖÖÖ

(01:02) Paulo Henrique ∞: pq ele teve que fazer aquela cirurgia no coração

(01:02) '-: TADINHO!

(01:03) Paulo Henrique ∞: ponte de safena. pq estava com a veia entupida

(01:03) '-: owwwwwwn, mesmo assim, você é malvado

(01:03) Paulo Henrique ∞: é pelo bem dele

(01:03) '-: mas nem um potinho?

(01:04) Paulo Henrique ∞: só picolé de côco

(01:04) '-: aaaaaah ai ja ajuda

(01:04) Paulo Henrique ∞: é... mas ele pensa que me engana. Eu já achei onde ele cospe tudo

(01:05) Paulo Henrique ∞: achei o cantinho cheio de embalagens fechadas ainda. Ele finge que engole, mas não. Nessas eu achei 3 palitos premiados da kibon

(01:06) '-: uau e qual era o premio? *-*

(01:06) Paulo Henrique ∞: um deles era outro picolé, o outro era uma câmera digital a prova d'água e o outro era uma casa no triangulo das bermudas

(01:07) '-: aaaaaaaaah me dá o picolé? *-* GHDYASHDUSDAS

(01:08) Paulo Henrique ∞: SHAUShAUSHa, dou

(01:09) Paulo Henrique ∞: me passa o número da sua conta do banco do picolé que eu deposito

(01:09) '-: paaaaaaasso

(01:10) '-: 22 : dois patinhos na lagoa :B

(01:10) Paulo Henrique ∞: que legal! eu queria esse numero. Por isso que me disseram que já tinha

(01:11) '-: pois é. meu numero *-*

(01:11) Paulo Henrique ∞: mas sou eu quem faz aniversário nesse dia . Meu número

(01:12) '-: droga ¬¬

(01:12) '-: mas eu escolhi primeiro humpf, por que o papai noel já usa o numero 35 :/

(01:12) Paulo Henrique ∞: putz, ouvi dizer que ele tá de cama

(01:13) '-: não brinca? Ö que afilhada desnaturada que eu sou

não tava sabendo disso

(01:13) Paulo Henrique ∞: ele lá todo sossegado, de vermelho e roliço, confundiram ele com a Dilma. Acertaram algo muito do mal nele

(01:14) '-: TADINHO Ö

(01:15) '-: como cometeram esse equivoco?

(01:15) '-: não notarão que a barba e a pança da Dilma são um pouquinho maiores?

(01:15) Paulo Henrique ∞: hsauhsaushaush, pois é.

(01:16) Paulo Henrique ∞: dizem que foram os ursos de Gibraltar

(01:16) Paulo Henrique ∞: sempre com seus problemas de visão e ataques repentinos

(01:16) '-: preciso montar uma campanha pra comprar óculos ou lentes para esses ursos, eles sempre com seus equivocos que acabam em desastres

(01:17) '-: como vai ficar o natal esse ano?

(01:17) Paulo Henrique ∞: os duendes estão montando um papai noel robô, mas eles estão empolgados demais com a idéia

(01:18) Paulo Henrique ∞: vão colocar PSI pra tocar no trenó de vez a velha musica natalina dos sininhos. Vai ter jogo de luzes dentro e painel personalizado

(01:18) '-: isso é um absurdo Ö se já não bastasse substituir os homens por maquinas, agora querem fazer o mesmo com o papai noel? ¬¬ acho que você devia se candidatar a vaga u.u ai você deixava barba e cabelo crescer

(01:19) '-: descoloria e colocava uma pancinha falsa e pronto

(01:19) Paulo Henrique ∞: mas aí ia tocar paramore no trenó e o luppy ia aprender a voar com as renas e ia fugir de casa voando

(01:20) '-: HUDHSUHDAUHDUAS era só você por uma travinha nele tipo aquelas pra não roubarem bicicleta

(01:21) Paulo Henrique ∞: KKKKKKKKKKKKKKK verdade, não tinha pensado nisso, mas não vou me candidatar . Fato. Mané guiar trenó !

(01:21) '-: aaaaaaah que decepção

(01:21) Paulo Henrique ∞: vai vc

(01:22) '-: eu sou mulher dã u.u Ou ta falando que eu tenho cara de homem? ò-ó

(01:22) Paulo Henrique ∞: ponha um disrfarce

(01:22) '-: e eu não trabalho no meu aniversário, seria decadência

(01:22) Paulo Henrique ∞: ¬¬ que dilema

(01:23) '-: eu não quero ganhar meu presente de um robô. Tanto o de Natal quanto o de aniversário. Imagine se tão fazendo isso com o papai Noel , daqui a pouco os coelhinhos da páscoa vão ser substituídos por cangurus da páscoa ¬¬

(01:24) Paulo Henrique ∞: nem me fale... imagine aquelas bestas pulando pela casa escondendo os ovos

(01:25) '-: nem iam caber pra inicio de conversa e imagine a quantidade de nocautes que não ia se ter

(01:26) Paulo Henrique ∞: kkkkkkkkkk, tipo, criança mal criada não ganha ovinho.... PÁÁ! na cara

(01:26) '-: HDUASHUDHSAUDHSAUDHASUDHASUHDUSHDASUDHAS com direito a luva de boxe

\o/

(01:26) Paulo Henrique ∞: \o/

(01:26) '-: hey

(01:26) Paulo Henrique ∞: hoy

(01:26) '-: riscar a parede é ser uma criança má?

(01:27) Paulo Henrique ∞: é ¬¬ muito má

(01:27) '-: droga .-.

(01:27) '-: eu seria espancada então . Nããão! eu quero o papai noel de verdade e coelinhos da pascoa

(01:28) Paulo Henrique ∞: seria enviada para o presídio para crianças especiais com toques de vandalismo de segurança máxima

(01:28) '-: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah você deixaria isso acontecer? D:

(01:29) Paulo Henrique ∞: eu poderia ir tentar te ajudar, mas eu iria junto como cúmplice

(01:29) '-: nãão

(01:29) Paulo Henrique ∞: eu risquei "bazinga" aqui em casa

(01:29) '-: ai a gente ia pro pais das maravilhas se refugiar lá. Por que la teria um coelho de verdade *-*

(01:29) Paulo Henrique ∞: ééé mesmo! minha casa no triangulo das bermudas, o campo magnético permite uma universo paralelo!

(01:29) '-: eu risquei uma sequencia de números que serão as datas dos próximos desastre da Terra coisinha basica sabe?

(01:30) Paulo Henrique ∞: nossa, bem básico. O luppy escreve essas coisas direto

(01:30) '-: aaaaaaaaaaaaaaah

(01:31) '-: ou o Luppy é um ser de outro planeta ou você me comparou a um cachorro o que não é legal u.u

(01:31) Paulo Henrique ∞: tá bom, só entre nós... o lupy caiu do céu igual um meteoro

(01:32) '-: aaaaaaaaaah MEUDEUS

(01:32) Paulo Henrique ∞: ele saiu de uma capsula fazendo coreografias de jiu-jítsu

(01:32) '-: aaah que básico !será que também sou uma alienígena por fazer tais atos? eu sei jiu-jítsu, judô, karate, capoeira e mais umas lutinhas bobas que nem compensa falar o nome de tão bobinhas que são

(01:33) Paulo Henrique ∞: bom, se vc fosse alienígena tb, certamente vc teria escutado os pensamentos dele

(01:34) '-: bem que as vezes eu ouvia uma opinião intrusa em nossa conversa mas não acho que eu seja . Senão eu seria muito evoluída para vir como humana

(01:35) Paulo Henrique ∞: Oo mas se te mandaram com o disfarce de humano? lá em crypton eles são como nós humanos

(01:35) '-: eu me lembraria né, dã? u.u

(01:36) '-: é impossivel você cair do espaço

(01:36) Paulo Henrique ∞: o super-homem não lembra

(01:36) '-: mas ele tem super poderes. humpf... eu não

(01:36) Paulo Henrique ∞: talvez vc só não tenha descoberto como se usa eles

(01:37) '-: posso testar em você?

(01:37) Paulo Henrique ∞: pode

(01:38) '-: está sentindo alguma formigação? sua mente mudando de opinião?

(01:38) Paulo Henrique ∞: COMO VC SABE?

(01:38) '-: OH MEU DEUS EU SOU UMA ET

(01:38) Paulo Henrique ∞: MY GOD

(01:38) '-: HDASUHDUASHDUSHDSUAHDSUAHDUASDHSUDHASUHUDSHAUDHSAUDHSAUDHSAUDHASUDHUSA

(01:39) Paulo Henrique ∞: e se o USA estiver lendo isso? rastreando essa conversa!?

SHAUSHAUSHAUSHAUSHUASHAUHSuaSHaUShaUsh é uma cilada!

(01:39) '-: corre bino! é uma cilada! HDFUAHDUASHDSUHDSUHDASUHDASUDHASUDHSAU

(01:39) '-: vai que VOCÊ é um espião da NASA? ò-ó

(01:39) Paulo Henrique ∞: isso eu não sou

(01:39) '-: e trabalha no distrito 9. Se você fosse, você diria que não era ò-ó

(01:40) Paulo Henrique ∞: se não eu já teria entregue o luppy e o rex

(01:40) Paulo Henrique ∞: estão oferecendo uma bolada pra quem achar eles

(01:40) '-: mas então... a sua turma esta oferecendo, você não seria tonto e entregar a eles sendo que você poderia ganhar todo o dinheiro fazendo pesquisas particulares em cima deles

(01:41) Paulo Henrique ∞: eu pago pra vc ficar quieta ok?

(01:41) '-: OMD! eu quero dinheiro e você não me entrega .Senão te mato mentalmente ò-ó

(01:42) Paulo Henrique ∞: O.O ok ok muita calma nessa hora

(01:42) '-: não esta sentindo um zumbido em sua cabeça nesse exato momento?

ò-ó

CENSURADO

(01:44) '-: isso foi tosco. Eu não creio que li isso

(01:44) Paulo Henrique ∞: ok, deixe isso. Passou

(01:45) '-: NDUSHDUASHDSUHDUSAHDUSHDUSHADUHDUA

(01:47) Paulo Henrique ∞: enfim... não vou entregar vc. Prometo

(01:47) '-: e eu não contarei a ninguém seu segredo u.u

(01:48) Paulo Henrique ∞: acredito até, que esse meu erro infame veio do mal funcionamento de meu cérebro ao vc interferir mentalmente com suas habilidades

(01:48) '-: pode ser pode ser u.u

(01:48) Paulo Henrique ∞: vamos fazer o seguinte... a Dilma tem câncer. Vc pode acelerar o processo ? Muahaha

(01:49) '-: não u.u por mais feio que a pessoa seja, eu não posso atrapalhar o processo de aceitação de personalidade ela vai ter que aceitar ser uma pessoa extremamente feia e conviver com o câncer ao qual não posso interferir. Amém!

(01:50) Paulo Henrique ∞: acredito que essa seja a filosofia de seu planeta

(01:51) '-: essa é a filosofia de uma pessoa boa u.u

(01:52) Paulo Henrique ∞: ahhh, como eu estava dizendo... a minha casa no triangulo das bermudas possui um campo magnético que cria um universo paralelo, que pode haver outro papai noel novinho em folha e coelhos da páscoa do bem

(01:52) Paulo Henrique ∞: podemos nos refugiar lá

(01:52) '-: êêêêêh *----------------* sim sim sim

(01:53) '-: ai lá não terá Dilma HDUASHDUASHDUASHDASU

(01:53) Paulo Henrique ∞: \o/ SHAUSHAUSHAUSHAS

(01:53) '-: ai lá vai ter lugar no Pub e no Bar SP u.u HDUHAUDSAHDUASHUDAHSDAS

(01:54) Paulo Henrique ∞: e se a gente der sorte, lá já está a alguns anos a frente, e se estiver no passado talvez ela ainda seja criança, e poderemos interceptar a trajetória dela

(01:55) '-: ah não não quero passar pela ditadura militar prefiro que ela não exista :B

(01:56) Paulo Henrique ∞: é, prefiro ficar no PUB com lugar de sobra o dia inteiro tomando suco de uva

(01:56) '-: e depois ir pro Bar SP comer batatas fritas com cheddar *-------------*

(01:56) Paulo Henrique ∞: yeahh \,,/ e no mabela ter um botãozinho pra cada um!

(01:57) '-: HUDSHAUDSHADUASHUDHASUDHSAUDHASUDHASUDHASUDHASUDHA SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM *----------------* e sorvete de graça *-*

(01:58) Paulo Henrique ∞: e sem o viadinho da sala da Caroline \o/

(01:58) '-: HUDHUSHDUSAHDUASHDUASDHASUDHAS e sem Yasmin nem a travecão u.u

(01:59) Paulo Henrique ∞: e sem opção para anônimo no forms !

PAUSA P/MERDAS

CONTINUANDO...

(02:09) '-: vivo tropicando e escorregando e caindo (que nem ontem no banheiro)

(02:10) Paulo Henrique ∞: ahtá, eu vi vc caindo no banheiro mesmo

(02:10) '-: eu tenho medo de você, juro

HDSAUDHASUDHSUDHSUADHASUDHASUDHUAS

-----------------------------------------------------------//--------------------------------------------------------------

E..... mais nada pior que isso.

Obrigado pela paciência e não deixe de falar comigo. Foi o sono, juro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário