sábado, 25 de junho de 2011

Irmãos a 16 anos

Ontem eu me encontrei com o meu “primeiro melhor amigo”, depois de 10 anos.

Na verdade, são 3 amigos. Eles são irmãos, e nos conhecemos quando eu tinha 4 anos. Éramos muito grudados. E o mais velho, é o meu “primeiro melhor amigo”. Ficamos juntos desde o primeiro dia de aula, até a metade da 3ª série, onde fomos separados pela minha mudança para João Pessoa. Depois disso, nunca mais nos vimos. A distância não mudou em nada nossa amizade. Obvio que seria mais diferente se tivéssemos crescidos juntos, mas não houve muitas mudanças. Apenas perdemos ótimos momentos juntos, os quais desejávamos a presença um do outro.

Uma infância bem agitada, onde a cada dia que passava eu dizia que tinha sido o melhor dia da minha vida. Eles moravam em uma fazenda, e então agente sumia pro meio do mato e só voltava pra comer, rsrs. Fazíamos muita coisa sem a noção de perigo que temos hoje. Descíamos morros de barro sentados em skates, pulávamos muros de propiedades particulares, roubava pintinho de galinha, chegamos a correr de uma manada que havia estourado a cerca, íamos mecher no ninho de quero-quero só pra perturbar o coitado, ficava em baixo do pé de jaca esperando o outro jogar lá de cima, etc. A gente tinha nossos inimigos imaginários, passagens secretas, poderes, missões, aventuras, e tudo levado tão a sério… E quem vinha dizer que aquilo tudo era bobagem? ninguém. A melhor época de todas para se ter vivido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário