sábado, 26 de novembro de 2011

Será o meu limite?

Não sei se foi a semana ou se realmente estou chegando aos meus limites de paciência. Sei que nos ultimos dias eu estive muito estressado (desde o feriado prolongado até ontem). Eu trabalhei e estudei direto, mantive um ritmo muito frenético, e digamos que não fui muito bem recompensado por esse esforço.

---------------Reflexão pra me colocar no meu lugar-----------

Quem sou eu pra dizer que não fui bem recompensado? Às vezes sou muito mal-agradecido quanto à minha vida.  Me considero um pouco uma pessoa mal acostumada, e esqueço que pertenço à uma classe de vida abençoada. Odeio me pegar fazendo drama por coisas superficiais.

Minhas condições de trabalho não são das melhores. Eu trabalho em uma operação, a qual eu fico 8 horas trabalhando em pé (ai de quem ser pego sentado no estoque!), andando kilômetros, organizando as coisas sabendo que a peãozada vai bagunçar tudo de novo, tendo que engolir gente ignorante, e enfim… Mas em contrapartida, tenho um fretado confortável , um refeitório muito bom, um dos melhores planos de saúde do mercado, e uma função fácil até de mais.

----------------------------------//--------------------------------------

O que me deixou louco, foi essa coisa de participar de uma operação logística, eu estar cursando um curso de gestão em logística, e estar vivenciando o grosso da logística, a área mais louca de todas! Eu tenho certeza que eu não quero isso pra mim. Eu quero planejamento! Estratégia! Quebrar a cabeça! Usar o que eu sempre gostei de exercitar em mim, meu cérebro.

Eu tenho minhas metas. E a próxima está para o semestre que vem. Vamos ver até lá.

As tarefas de faculdade estão se encerrando mais uma vez… Depois do dia 30, só volto em fevereiro.

50% da minha motivação de ir pra faculdade, só volta ano que vem. Ela já saiu de férias.

------------------------------------//------------------------------------

Eu necessito de uma bicicleta, de um bluray player, video-game, e uma câmera digital. SÓ

 

Obrigado pela paciência

Um comentário:

  1. Estava conversando com minha prima hoje sobre o quanto por mais que as coisas pareçam boas para nós, nunca estamos satisfeitos com nada. Acho que essa busca por algo que nos falta é inerente ao ser humano, já me conformei em ser assim, insatisfeito.
    Câmeras Digitais são baratas de comprar hoje em dia. A menos que você queira uma dessas ultra modernas.

    ResponderExcluir