quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Encerrando ciclos

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final…

Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.

Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?

Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu…. Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

[...]

O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora… Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.

[...]

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

[...]

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.

[...]

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa – nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.

Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. [...]

Autor Desconhecido

Sem rotina

Finalmente comprei meu videogame! E acho que vou ter que desenvolver mais meu auto-controle. Acontece que desde que eu o comprei, meus dias se resumem à trabalho, game e um pouco de internet. Quando na verdade deveria ser trabalho, internet, curso on-line e livro. Necessito urgente desacostumar dessa. Ainda mais mês que vem, que minhas aulas começarão

Por estar quase falando em “me virar”… esses dias (final de semana) eu decidi ver uns primos em São Paulo (gosto dessa coisa de “oi, vou te ver aí final de semana”). E pela primeira vez eu fui sozinho até a casa deles. E claro que eu me envolvendo em qualquer coisarelacionada a transporte público pela primeira vez, não dá muito certo. QUASE me perdi, mas só quase. Eu peguei um metrô pra ir para um lugar, e quando deci dele eu peguei outro que voltou TUDO denovo, rsrs. Só me dei conta quando eu vi que ele ia passar na estação onde eu comecei. Enfim… com um cobrador bonzinho, um celular com crédito e muita coragem, eu cheguei lá.

Abraços, comida, ajudar a arrumar a casa, festa, pós-festa, shopping, cinema, rodoviária, minha casa.

No trabalho a cada dia que passa acontece algo desmotivante, e a cada 4 dias que passa acontece algo legal. Recebi um tipo de equipe para me ajudar no meu trabalho. Ou seja, não preciso mais me dividir em sete. Aconteceram umas injustiças… e tenho julgado pessoas como não deveria. Me senti prejudicado e só soube pensar que havia algo de errado com outros e não comigo. Isso é um erro em mim que eu não me perdoo. Inevitável. Mas já parei e me coloquei no meu lugar :)

Acho que é só (até tem mais coisa, mas não me lembro)

Obrigado

sábado, 21 de janeiro de 2012

Postagem no ritmo do PC

Whazuuup!

Esse post ter um pouco de tudo ou quase nada. Tudo depende da música que estiver tocando enquanto eu escrevo.

Oh! Darling – Beatles

Tem um site chamado tumblr, que eu sempre passo pra dar uma olhada, tem imagens, textos, gifs, etc. E esse é o site que de vez em sempre quando eu passo um tempo nele, eu me sinto o cara mais sozinho desse mundo e algumas coisas ainda acabam com minhas esperanças (I’ll get you – Beatles). Vejo fotos de casais que aparentemente foram feitos um para outro com alguma frase que passa o sentimento daquela foto, e então eu fico pensando que estou perdendo tempo ou sou uma pessoa difícil. Claro que eu sou complicado, mas poxa, tem sei lá quantas milhões de mulheres nesse mundo, (7 stars – apples in the stereo), vejo um monte de garotas legais que já são minoria, mas aí eu acesso um site desses, cheio das garotas legais e o que eu vejo? Elas postando fotos de casais alheios com frases positivas e quando não é isso, me vem com frases com o quanto está difícil achar homem! Eu hein. Aí isso acaba com a minha esperança. (Undisclosed desires – Muse). Pelo menos eu tenho um “contrato” pra não passar dos 60 anos solteiro, kkkkkkkkkkkkkkkkk (piadinha interna). A coisa comigo é tão crítica, que uma amiga já me disse que eu estaria proibido de ver ela enquanto não começasse a namorar, rsrs. (Não vou me adaptar – Nando Reis). Por falar nisso, um amigo meu diz ter bons pressentimentos pra mim nesse aspecto. Diz que ainda até o final desse mês eu vou dar boas notícias pra ele, Oo.

Namoro pra mim é uma coisa tão boa. Estar apaixonado e tudo mais, falar com aquela pessoa todos os dias, bobeiras, etc. (Renegade – Paramore) E claro que tem um certo gasto, mas além de eu achar que passar por isso não tem preço, eu acredito que se depender de minha namorada, eu mal vou gastar, rsrs Acho que ela será mais ou menos como eu em termos de sair de casa e maneiras de se divertir.

Lá no trabalho tem um cara, de 19 anose que é casado desde os 16! (Raise your glass – p!nk) E ele me disse que buscava justamente aquela coisa de ter alguém pra conversar, sair junto, etc.

Por falar em futuros gastos e trabalho… eu já não me sinto mais tão confortável onde estou. As condições do meu trabalho são excelentes, agradeço demais a Deus, mas não me sinto bem naquele lugar. Está rolando umas coisas que eu cansei de fingir que não me importo. Nada que me prejudique, mas eu me preocupo com o ambiente de trabalho em geral. Está um clima de guerra lá, coisa de novela ¬¬ (Stuck in a Moment You Can't Get Out Of –U2)

O que me segura lá, são as esperanças que eu tenho de que melhore, e o meu salário certinho todo mês sem dor de cabeça com RH. O que impacta diretamente nos meus planos de ir para o Canadá em breve. Uma vez que tiver uma queda na minha renda, afetará diretamente no tempo para que eu consiga tudo. Estou até pensando em desistir da continuação do curso de engenharia logo ano que vem. Vou procurar saber quanto tempo mais posso segurar meu curso trancado. Mas independente de tudo, seja o que Deus quiser. (Beautiful girl – Paulo Ricardo)

E falando no Canadá, esses dias eu até sonhei com minha ida pra lá. No sonho eu desenrolava bem o inglês, e aconteceu muita coisa louca sem sentido. E quando acordei, eu ainda estava cansado e com MUITA fome… daquele jeito que parece que a barriga está oca. E isso me lembrou do que um colega de trabalho me disse sobre pessoas com certas capacidades (Time to pretend – MGMT), e que a alma pode viajar durante o sono, o que ocasionalmente resulta no cansaço mesmo após uma longa noite de sono. Fiquei intrigado.

No mais, acho que fico por aqui.

Obrigado

domingo, 15 de janeiro de 2012

Desespero desnecessário

Não adianta… essa coisa de ser ancioso demais nasceu comigo e não tem psicologia que me ajude. Sou ancioso demais quanto as coisas que ainda estão pra acontecer em minha vida. Tem vezes que eu fico todo orgulhoso comigo mesmo, e outras horas eu me sinto o cocô do cavalo do bandido.

Começando pela minha carreira. Eu fico me comparando com outras pessoas e sempre quero ser no mínimo melhor que elas. É uma coisa tão fútil dentro de mim! Odeio isso, mas é a verdade. O mau disso, é causado devido à minha mente acompanhar a mente de pessoas mais velhas. Então eu paro e penso bem… todas as pessoas que convivem comigo e estabelecem uma amizade considerável, são no mínimo 3 anos mais velhas que eu! Pensar nisso é o meu alívio. Meus amigos que estão quase pra conseguir o intercâmbio deles, tem o salário que tem porque eles possuem três anos de diferença em termos de experiência. E em três anos dá pra acontecer MUITA coisa, principalmente comigo!

Eu tenho uma ambição de vida que me ferra. Eu quero metas que exigem muito mais de minha dedicação. Eu sei daquela de “correr atrás dos seus sonhos”, e eu corro sim! Eu me preocupo com meu crescimento intelectual, só que não adianta forçar a mente. Se eu não estou disposto a estar estudando qualquer coisa agora e preferindo usar meu tempo para escrever no blog, é problema meu.

Uma coisa que eu sinto falta, é de não ter tido uma vida com um ritmo uniforme. Eu queria ter crescido em uma única casa nos ultimos 10 anos, ter tido contato contínuo com amigos de infância e ter estudado em uma única escola desde o ensino fundamental. 90% dos meus amigos que seguiram essa vida, hoje estão nas melhores faculdades do país. Eis aqui o motivo da maior parte de toda a minha angústia sobre o meu futuro. Toda a vida, desde criança eu vi meus pais darem um duro danado para me darem um estudo de qualidade, com o objetivo de que fosse um investimento para eu passar em uma faculdade descente e ter um futuro promissor. Mas aconteceram coisas até no meio do caminho mais importante para uma faculdade descente. 2007 -  1º ano do ensino médio, estabilidade na escola, 1ª fase do Vestibular na Paraiba, tudo ótimo. Final do ano a mudança. Uma mudança a qual me tirou grandes amigos, e recebi a notícia de que meu resultado da primeira fase do vestibular não teria mais valor no outro estado, o qual também adotava uma metodologia totalmente diferente nas provas. 2º e 3º ano concluidos, sem universidade federal, mas aprovação em um curso de engenharia! 1 ano e meio de curso, uma vida acadêmica estável e reconhecida por grandes profissionais, e uma vida social perfeita… também entraram para o baú de minha vida.

POR ISSO, eu gosto tanto de acreditar que tudo tem um bom propósito. Deus é a minha única esperança.

E ainda acredito que esse ano vai acontecer grandes mudanças, só espero que sejam boas pra mim.

 

Obrigado

sábado, 7 de janeiro de 2012

Um texto / uma verdade

Está rolando no facebook

Mulheres…

Nós, homens, não nos importamos se você falar com outro cara. Não nos importamos se vocês são amigas de outros caras. Mas quando vocês estão sentadas com a gente e um cara qualquer aparece e você sai correndo e pula em cima dele, sem nem ao menos nos apresentar, é, é bastante irritante. E não ajuda se você chamar ele pra sentar com a gente e ficar conversando dez minutos com ele sem nem se dar conta do fato de que ainda estamos ali. Não nos importamos se um cara te telefona, ou te manda uma mensagem, mas se isso acontece às 2 da manhã, nós nos incomodamos um pouco sim. Nada de tão importante costuma acontecer às 2 da madrugada que não possa esperar até o amanhecer. Além disso, quando te dissermos que você é bonita/linda/estonteante/maravilhosa, nós estamos falando a verdade. Não diga que estamos errados. Uma hora vamos parar de tentar te convencer. A coisa mais sexy numa garota é confiança. Mas ter confiança não significa ser convencida. Não se irritem quando abrirmos uma porta para você. Aproveitem e abusem do meu humor. Nos deixem pagar as coisas pra vocês! Não se 'sintam mal', nós gostamos de fazer isso. Não é mais que o esperado. Sorriam e digam 'obrigada'. Nos beijem quando não há ninguém olhando. Mas, se vocês nos beijarem quando sabem que alguém está olhando, ficaremos impressionados. Vocês não precisam se arrumar para nós. Pra começar, se formos sair com vocês, vocês não precisam sentir a necessidade de colocar a sua saia mais bonita ou passar todos os tipos de maquiagem que vocês têm. Gostamos de você por quem você é, e não pelo que vocês têm. Sinceramente, eu acho que uma garota fica mais bonita de pijama ou com uma camiseta minha e um shortinho qualquer do que toda embelezada. Não levem tudo o que dissermos a sério. Piadas e brincadeiras são coisas lindas. Tentem enxergar a beleza delas. Não se irritem tão facilmente. Não fiquem falando sobre como o Chris Brown, o Brad Pitt ou o Taylor Lautner são lindos. É tedioso, e nós não nos importamos. Você tem amigas pra isso. E meninas, isso é o mais importante: se um cara não está te tratando bem, não espere que ele mude! Dispensa essa vergonha para a população masculina da Terra, e ache alguém que te trate com respeito. Alguém que honre seu código moral. Alguém que te faça sorrir mesmo no seu pior momento. Alguém goste de você mesmo quando você erra. Alguém que pare o que está fazendo só pra te olhar nos olhos e sorrir. Dêem uma chance pros caras legais.  A vida é curta demais pra ficar reclamando de tudo que aparece no seu caminho, então pare e cheire as flores da vida, porque você pode nunca mais ter essa oportunidade. Pare e aproveite, porque cada uma é diferente à sua própria maneira. Corra riscos, porque se não der tudo certo, sempre haverão mais flores para se cheirar.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Pai deixa 28 lições de vida aos filhos antes de morrer

Um grande exemplo

“Nessas últimas semanas, depois de saber de meu diagnóstico terminal, procurei encontrar em minha alma e em meu coração maneiras de estar em contato com vocês enquanto vocês crescem.

Estive pensando sobre o que realmente importa na vida, e os valores e as aspirações que fazem das pessoas felizes e bem-sucedidas. Na minha opinião, e vocês provavelmente têm suas próprias ideias agora, a fórmula é bem simples.

As três virtudes mais importantes são: lealdade, integridade e coragem moral. Se aspirarem a elas, seus amigos os respeitarão, seus empregadores o manterão no emprego, e seu pai será muito orgulhoso de vocês.

Estou dando conselhos a vocês. Esses são os princípios sobre o quais tentei construir a minha vida e são exatamente os que eu encorajaria vocês a abraçar, se eu pudesse.

Amo muito vocês. Não se esqueçam disso.

Seja cortês, pontual, sempre diga “por favor” e “obrigado”, e tenha certeza de usar o garfo e a faca de maneira correta. Os outros decidem como tratá-los de acordo com as suas maneiras.

Seja generoso, atencioso e tenha compaixão quando os outros enfrentarem dificuldades, mesmo que você tenha seus próprios problemas. Os outros vão admirar sua abnegação e vão ajudá-lo.

Mostre coragem moral. Faça o que é certo, mesmo que isso o torne impopular. Sempre achei importante ser capaz de me olhar no espelho toda manhã, ao fazer a barba, e não sentir nenhuma culpa ou remorso. Parto deste mundo com a consciência limpa.

Mostre humildade. Tenha a sua opinião, mas pare para refletir no que o outro lado está dizendo, e volte atrás quando souber estar errado. Nunca se preocupe em perder a personalidade. Isso só acontece quando se é cabeça-dura.

Aprenda com seus erros. Você vai cometer muitos, então os use como uma ferramenta de aprendizado. Se você continuar cometendo o mesmo erro ou se meter em problema, está fazendo algo errado.

Evite rebaixar alguém para outra pessoa; isso só vai fazer você ser visto como mau. Se você tiver um problema com alguém, diga a ela pessoalmente. Suspenda fogo! Se alguém importuná-lo, não reaja imediatamente. Uma vez que você disse alguma coisa, não pode mais retirá-la, e a maioria das pessoas merece uma segunda chance.

Divirta-se. Se isso envolve assumir riscos, assuma-os. Se for pego, coloque suas mãos para cima.

Doe para a caridade e ajude os menos afortunados que você: é fácil e muito recompensador.

Sempre olhe para o lado bom! O copo está meio cheio, nunca meio vazio. Toda adversidade tem um lado bom, se você procurar.

Faça seu instinto pensar sempre sempre em dizer ‘sim’. Procure razões para fazer algo, não as razões para dizer ‘não’. Seus amigos vão gostar de você por isso.

Seja gentil: você conseguirá mais do que você quer se der ao outro o que ele deseja. Comprometer-se pode ser bom.

Sempre aceite convites para festas. Você pode não querer ir, mas eles querem que você vá. Mostre a eles cortesia e respeito.

Nunca abandone um amigo. Eu enterraria cadáveres por meus amigos, se eles me pedissem… por isso eu os escolhi tão cuidadosamente.

Sempre dê gorjeta por um bom serviço. Isso mostra respeito. Mas nunca recompense um mau serviço. Um serviço ruim é um insulto.

Sempre trate aqueles que conhecer como seu igual, estejam eles acima ou abaixo de seu estágio na vida. Para aqueles acima de você, mostre deferência, mas não seja um puxa-saco.

Sempre respeite a idade, porque idade é igual a sabedoria.

Esteja preparado para colocar os interesses de seu irmão à frente dos seus.

Orgulhe-se de quem você é e de onde você veio, mas abra a sua mente para outras culturas e línguas. Quando começar a viajar (como espero que faça), você aprenderá que seu lugar no mundo é, ao mesmo tempo, vital e insignificante. Não cresça mais que os seus calções.

Seja ambicioso, mas não apenas ambicioso. Prepare-se para amparar suas ambições em treinamento e trabalho duro.

Viva o dia ao máximo: faça algo que o faça sorrir ou gargalhar, e evite a procrastinação.

Dê o seu melhor na escola. Alguns professores se esquecem de que os alunos precisam de incentivos. Então, se o seu professor não o incentivar, incentive a si mesmo.

Sempre compre aquilo que você pode pagar. Nunca poupe em hotéis, roupas, sapatos, maquiagem ou joias. Mas sempre procurem um bom negócio. Você recebe por aquilo que paga.

Nunca desista! Meus dois pequenos soldados não têm pai, mas não corajosos, têm um coração grande, estão em forma e são fortes. Vocês também são amados por uma família e amigos generosos. Vocês fazem o seu próprio destino, meus filhos, então lutem por ele.

Nunca sinta pena de si mesmo, ou pelo menos não sinta por muito tempo. Chorar não melhora as coisas.

Cuide de seu corpo que ele vai cuidar de você.

Aprenda um idioma, ou pelo menos tente. Nunca comece uma conversa com um estrangeiro sem primeiro cumprimentá-la em sua língua materna; mas pergunte se ela fala inglês!

E, por fim, tenha carinho por sua mãe, e cuide muito bem dela.

Amo vocês com todo meu coração,

Papai”

(Paul Flanagan )

Interprete

 

Entendeu?

Ciência! \o/

Feitiço desfeito

Eu acho que eu estava sob efeito de algum feitiço (é claro que não, mas fica mais legal tratar assim).

Teve um post em que eu citei o quanto eu me sentia mudado, e sentia falta do meu eu que ficou no passado. E eu realmente estava mudado, mas acredito que foi uma fase. Talvez a correria do dia a dia estivesse mexendo comigo. O trabalho corrido e os compromissos da faculdade a curto prazo, tomaram a minha mente de tal forma que meu cérebro elegeu como “rota de fuga” coisas simples para me distrair. Por isso eu me sentia tão diferente. Eu sentia falta do meu eu que adora passar o tempo refletindo sobre a vida, que curtia a própria existência e esperava pacientemente pela pessoa certa. E toda aquela correria, fazia parecer que eu estava usando antolhos (aquele negócio que coloca no cavalo para tampar a visão lateral dele – eu não sabia também, só pesquisei no google). Tinha olhos apenas para objetivos. Me apeguei às funções básicas do trabalho e foquei mais na faculdade.

E agora, depois que tudo aquilo passou, tirei férias na facul e o trabalho foi acalmando, eu fui notando uma leve diferença em mim, e hoje me dei conta que essa leve mudança foi na verdade o meu retorno. A vida até ganha outros ares. E não sou mais aquele stalker lazarento. Enfim… meus verdadeiros modos de viver estão de volta!

Em outras palavras, estou livre! XD

Agora viajando um pouco, sabe quando tem aquelas cenas de filmes, que geralmente é uma pessoa que não é mais ela mesma até que algo acontece, seja um toque, alguma coisa dita, que se torna a chave para que ela volte ao normal, e vai lembrando de todas as coisas e tudo mais!? rsrs. Então, acredito que foi mais ou menos o que aconteceu comigo. Acho que bastou uma série de fatos e uma conversa nesses dias para eu resgatar algumas partes de mim que eu sentia falta.

Argh, cansei de escrever sobre isso. É pouca coisa, mas é cansativo traduzir tudo para palavras.

Obrigado

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Oi

É, oi :)

Não tenho um assunto específico pra tratar nesse post.

Sabe as sensações as quais eu citei no primeiro post do ano? pois então… foram tão fortes que quase me impediram de dormir. É um pouco difícil de entender pra quem não sabe como é isso, mas é como se eu estivesse extremamente feliz e empolgado sem saber o motivo. Sim, eu não sei o motivo! Pra você ter ideia, eu podia ouvir o meu coração de tão acelerado que ele estava(eu já estava a mais de uma hora deitado). Realmente esse ano promete muitas coisas.

Inclusive, depois de tantas sensações sem sentido, que eu acho que pode ser uma demonstração de minhas “habilidades” ainda ativas, acho que vou tentar aperfeiçoá-las esse ano.

Ontem era para eu ter voltado a trabalhar, mas o fretado não passou. Eu liguei para o meu chefe para saber o que fazer, e depois de umas 2 horas tentando resolver, ele me fala pra ficar em casa mesmo, rsrs. E hoje o fato se repetiu.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Bandas novas para minha biblioteca

Sangue Jovem

Nós somos apenas jovens e ingênuos ainda

Nós precisamos de certas habilidades

O humor muda como o vento

Difícil de controlar quando começa

O agridoce entre meus dentes

Tentando encontrar o meio-termo

Se apaixonar eventualmente

Yeah yeah yeah yeah

Não posso me ajudar, mas conto as falhas

Rasgo minha saída através destas paredes

Uma fuga temporária

Sinto que começo penetrar

Estamos deitados embaixo das estrelas à noite

Nossas mãos segurando uns aos outros apertado

Você guarda meus segredos, esperança de morte

Promessas, prometer para o céu

O agridoce entre meus dentes

Tentando encontrar o meio-termo

Se apaixonar eventualmente

Yeah yeah yeah yeah

Igual cernelha

Frágil que treme

Você pode sussurrar

Como desaba e quebra

Como você sentir calafrios

Contam todos os seus erros

Um par de perdões

Vamos antes que seja tarde demais

Você pode sussurrar

Você pode sussurrar

Você pode sussurrar

Você pode sussurrar

O agridoce entre meus dentes

Tentando encontrar o meio-termo

Se apaixonar eventualmente

Yeah yeah yeah yeah

O agridoce entre meus dentes

Tentando encontrar o meio-termo

Se apaixonar eventualmente

Yeah yeah yeah yeah

 

Os Dias de Cão Acabaram

A felicidade a acertou como um trem nos trilhos

Indo na direção dela, não há pra onde fugir

Ela se escondeu nos cantos, debaixo de camas

Matou-a com beijos e com isso ela fugiu

Com cada bolha, ela afundou com seu drink

E jogou-a na pia da cozinha

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Os cavalos estão chegando

Então é melhor correr

Corra pra sua mãe, corre pro seu pai

Corra pros seus filhos, pra suas irmãs e irmãos

Deixe todo seu amor, seu amor para trás

Você não pode levá-lo com você, se quiser sobreviver

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Está ouvindo os cavalos?

Porque aí vêm eles

E eu nunca quis nada de você

Exceto o que você tinha e o que sobrou além disso também

A felicidade a acertou como uma bala na cabeça

Golpeada pela imensa altura de alguém que deveria saber melhor que isso

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Você está ouvindo os cavalos?

Porque aí vêm eles

Corra pra sua mãe, corre pro seu pai

Corra pros seus filhos, pra suas irmãs e irmãos

Deixe todo seu amor, seu amor para trás

Você não pode levá-lo com você, se quiser sobreviver

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Você está ouvindo os cavalos?

Porque aí vêm eles

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Os cavalos estão vindo

Então é melhor você correr! Aí vêm eles

Os dias de cão chegaram ao fim

Os dias de cão acabaram

Os cavalos estão vindo

Então é melhor você correr!

Destino

Desconsiderar esse texto temporariamente.
Eu tenho minhas crenças, e entre elas está o destino. Acredito sim, que tudo, exatamente TUDO já está predestinado. Conhecemos pessoas com algum propósito que pode ter êxito tanto no momento presente quanto futuramente. Perdemos a hora por algum propósito, nos acidentamos por algum propósito, paramos para arramar os cadarços por algum propósito, TUDO tem algum propósito.
E quer saber mais?
Destino é uma coisa tão certa, que não tem nem essa de voltar no tempo pra tentar mudar alguma coisa na história. Já foi comprovado que não tem como viajar no tempo para o futuro (o que seria a única forma de mudar o destino). Digamos que em um futuro de uma dimensão paralela, você mais velho volta no tempo, e por curiosidade tenta ver você mesmo do passado (vou tentar bolar alguma situação).
Em um evento
Você volta no tempo até um evento que você lembra que participou, vai lá e come o ultimo salgado que havia no buffet. Você passa mal e vai ao banheiro. Enquanto está no banheiro a um tempão, escuta as pessoas reclamando do outro lado da porta pelo tempo que você já está lá, e então consequentemente, você lembra que realmente aconteceu isso naquele dia. Você queria usar o banheiro e alguém estava lá trancado a um tempão, e na fila você conheceu algumas pessoas que foram pessoas chave para muitas coisas que aconteceram depois.
Depois dessa, abre-se um leque enorme de questionamentos. Sim, há muitas possibilidades de diversos acontecimentos se for pensar assim.
Quem garante que no futuro, realmente não mandaram alguém tentar salvar os aviões que derrubaram as torres gêmeas? Sim, poderia haver alguém do futuro lá naquele avião. Quem sabe não foi o cara que lutou contra os terroristas? Infelizmente estava predestinado a acontecer aquilo e nenhuma ferramenta de viajar no tempo poderá mudar.
Conheci muitas pessoas que já não estão mais próximas de mim, mas eu aprendi muitas coisas com essas pessoas. Deus permitiu algumas coisas chatas acontecerem comigo, que não fazem muito sentido por enquanto, mas teve algum propósito. Talvez eu já tenha conhecido a mulher com quem eu irei me casar, mas eu só a conheci para poder reconhecê-la futuramente no dia em que a nossa relação de fato começará.
Esse tipo de raciocínio também se encontra nas entrelinhas de alguns filmes, mas infelizmente a grande maioria das pessoas não desenvolve a curiosidade por esse assunto.

Obrigado

Primeiro post do ano

Voltei de minhas “férias”. E meu descanço se resumiu a um natal em família, uma semana inteira confinado em um quarto, três finais de tarde bem sucedidos e uma festa de ano novo a qual eu acho que só vou deixar de me arrepender quando eu for em outra só daqui 363 dias.

Bem… todos tem dito sobre promessas para esse ano, mas eu já sou do tipo que não faz promessas. Eu crio metas. Graças a Deus, todas as minhas de 2011 foram cumpridas. Não gosto de comentar sobre as minhas metas para o ano, porque tenho a impressão que as pessoas vão querer copiar, rsrs. Como se fosse A GRANDE COISA… Mas é de mim isso :/ desde pequeno tenho esse egoísmo sem sentido. Talvez até tenha algum sentido; eu não gosto que me copiem. Mas o que que tem o sujeito achar legal e querer fazer também!? Não me entendo.

Tenho bons pressentimentos pra mim. Sinto que estou em uma das melhores fases de minha vida! E são pressentimentos fortes! Nessas horas eu gosto de ter o sexto sentido aguçado, XD Acho que esse ano pode surgir uma namorada. Essa ideia de um novo relacionamento meche muito comigo. Gosto dessa coisa de viver curtindo a mim mesmo e surgirem as surpresas predestinadas.

Nossa, realmente há muitas coisas boas para acontecer esse ano…

PUTZ! Eu vou me formar esse ano! Não vai ter mané festa nenhuma de formatura, mas essa coisa de ter ensino superior completo no curriculum é demais! E com fé em Deus, final do ano que vem eu consigo meu intercâmbio pro Canadá.

Um novo ano, muitas mudanças. Já estou ancioso pelo frio novamente, pelas novas amizades, novas oportunidades, etc.

Eu esqueci de comentar… lembra em um post que eu disse que cabeças iam rolar? pois é, de fato aconteceu. Até de quem eu não esperava. Mas graças a Deus eu não fui demitido. E acho que Ele tem algum plano pra mim naquele lugar. Seja qual for, é o melhor pra mim.

Eu ia falar de um raciocínio meu sobre destino, mas ficaria muito bagunçado isso aqui, então fica pro próximo post.

 

Obrigado