segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Destino

Desconsiderar esse texto temporariamente.
Eu tenho minhas crenças, e entre elas está o destino. Acredito sim, que tudo, exatamente TUDO já está predestinado. Conhecemos pessoas com algum propósito que pode ter êxito tanto no momento presente quanto futuramente. Perdemos a hora por algum propósito, nos acidentamos por algum propósito, paramos para arramar os cadarços por algum propósito, TUDO tem algum propósito.
E quer saber mais?
Destino é uma coisa tão certa, que não tem nem essa de voltar no tempo pra tentar mudar alguma coisa na história. Já foi comprovado que não tem como viajar no tempo para o futuro (o que seria a única forma de mudar o destino). Digamos que em um futuro de uma dimensão paralela, você mais velho volta no tempo, e por curiosidade tenta ver você mesmo do passado (vou tentar bolar alguma situação).
Em um evento
Você volta no tempo até um evento que você lembra que participou, vai lá e come o ultimo salgado que havia no buffet. Você passa mal e vai ao banheiro. Enquanto está no banheiro a um tempão, escuta as pessoas reclamando do outro lado da porta pelo tempo que você já está lá, e então consequentemente, você lembra que realmente aconteceu isso naquele dia. Você queria usar o banheiro e alguém estava lá trancado a um tempão, e na fila você conheceu algumas pessoas que foram pessoas chave para muitas coisas que aconteceram depois.
Depois dessa, abre-se um leque enorme de questionamentos. Sim, há muitas possibilidades de diversos acontecimentos se for pensar assim.
Quem garante que no futuro, realmente não mandaram alguém tentar salvar os aviões que derrubaram as torres gêmeas? Sim, poderia haver alguém do futuro lá naquele avião. Quem sabe não foi o cara que lutou contra os terroristas? Infelizmente estava predestinado a acontecer aquilo e nenhuma ferramenta de viajar no tempo poderá mudar.
Conheci muitas pessoas que já não estão mais próximas de mim, mas eu aprendi muitas coisas com essas pessoas. Deus permitiu algumas coisas chatas acontecerem comigo, que não fazem muito sentido por enquanto, mas teve algum propósito. Talvez eu já tenha conhecido a mulher com quem eu irei me casar, mas eu só a conheci para poder reconhecê-la futuramente no dia em que a nossa relação de fato começará.
Esse tipo de raciocínio também se encontra nas entrelinhas de alguns filmes, mas infelizmente a grande maioria das pessoas não desenvolve a curiosidade por esse assunto.

Obrigado

2 comentários:

  1. Todas as vezes que ouço alguém falar sobre destino eu me lembro do Exterminador do Futuro 2 e da frase de Sara Corna: "Não existe futuro, exceto o que fazemos". E eu creio muito nisso. Crer que tudo já está predeterminado, que as coisas já estão todas traçadas pra acontecer daquela forma tira todo o sentido da vida. Somos então aqui meros títeres? Qual a vantagem disso? Essa é apenas minha opinião. Perdoe, realmente não ando nos meus melhores dias.

    ResponderExcluir
  2. Estou aberto para opiniões ^^

    Você colocou uma questão simples que me pegou, e eu me envergonho de não ter me questionado nesse ponto de vista.
    Eu acredito que as coisas já estão feitas devido a algumas experiências que eu tive durante minha vida. Mas talvez seja porque é bonito falar, mas pra mim que graças a Deus dá tudo certo.
    Vou repensar bastante e estudar os fatos novamente, pra tentar lembrar de onde eu tirei essas conclusões.
    Se existe um destino, porque existem os coitados nesse mundo injusto? e se ainda assim existe, o que acontece antes para que seja determinado um destino tão cruel a uma pessoa e a outra não?
    Realmente, é uma questão polêmica.
    Vou tentar associar os fatos com outras teorias.
    Obrigado

    ResponderExcluir