segunda-feira, 2 de julho de 2012

Home

Ela:
Alabama, Arkansas,
Eu amo minha mãe e meu pai,
Não da forma como eu amo você.

Ele:
Santa, Moley, eu, oh meu,
Você é a menina dos meus olhos,
Menina eu nunca amei alguém como você.

Ela:
Cara, ó cara, você é o meu melhor amigo,
Eu grito para o nada,
Não há nada de que eu necessite.

Ele:
Bem, quente e pesado, docinho,
Doce de chocolate, Jesus Cristo,
Não há nada que me dê mais prazer do que você.

Ambos:
Ah, casa. Deixe-me ir para casa
Casa é qualquer lugar que eu esteja com você.
Ah, casa. Deixe-me ir para ca-a-sa.
Casa é qualquer lugar que eu esteja com você.

Ele:
Eu lhe seguirei pelo parque,
Pela floresta pela escuridão,
Menina eu nunca amei alguém como você.

Ela:
Fossos e barcos e cachoeiras,
Becos e telefonemas pagos,
Eu estive em todo o lugar com você.

Ele:
Nós rimos até pensarmos que iremos morrer,
Pés descalços em uma noite de verão
Nada novo é mais doce do que você

Ela:
E nas ruas você corre livremente,
Como se fosse somente você e eu,
Jesus, você é algo de se ver.

Ambos:
Ah, casa. Deixe-me ir para casa
Casa é qualquer lugar que eu esteja com você.
Ah, casa. Deixe-me ir para ca-a-sa.
Casa é qualquer lugar que eu esteja com você.

(Conversando)
Ele: Jade
Ela: Alexander
Ele: Lembra aquele dia que você caiu da minha janela?
Ela: Com certeza, você pulou atrás de mim.
Ele:Bem, você caiu no concreto, quase quebrou sua bunda, você estava se esvaindo em sangue e eu corri com você pro hospital, lembra-se disso?
Ela: Sim, eu lembro.
Ele: Bem, há algo que eu nunca lhe disse sobre aquela noite.
Ela: O que você não me contou?
Ele: Enquanto você estava sentada no banco de trás fumando um cigarro pensando que seria seu último, eu estava me apaixonando profundamente, profundamente por você, e eu nunca lhe disse até agora.

Ela:
Alabama, Arkansas,
Eu amo minha mãe e meu pai...
Fossos e barcos e cachoeiras,
Becos e telefonemas pagos...

Ambos:
Ah, casa. Deixe-me ir para casa
Casa é qualquer lugar que eu esteja com você.
Ah, casa. Deixe-me ir para ca-a-sa.
Casa é o lugar em que estou sozinho com você...

Nenhum comentário:

Postar um comentário