sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

E é isso que eu admiro nela. Não como ela é, mas sim quem ela é. Sinto saudade de observar a sua simplicidade, e a maneira de enxergar a beleza das coisas.

 

CML CRVLL

Nenhum comentário:

Postar um comentário