segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Mini retrospectiva

Estava eu aqui, nessa humilde cadeira, lendo diversos rascunhos de posts que eu acredito serem chatos para postar (porque digo muita coisa que já disse antes), e decidi de uma vez por todas parar de escrever as mesmas merdas, e matar a saudade de velhas postagens.

Uma coisa que me surpreendeu, é o fato desse ano eu ter postado muito menos do que nos anos anteriores Oo

Apesar do tempo disponível ter sido muito maior do que qualquer outro ano, acredito que esse baixo rendimento tenha sido assim, por causa do piscológico meio afetado com acontecimentos muito intensos em tão pouco tempo. Foram coisas que não escrevi aqui, pelo fato de serem pessoais demais.

Esse ano foi demais! Acredito que se pudesse fazer um gráfico de minhas emoções durante o ano, seria semelhante ao gráfico de respirações de um asmático! (comparação triste)

Também acho que ajudei muito mais aos outros do que a mim mesmo…
Tomei decisões precipitadas, que batem diretamente de frente com linhas de raciocínio que procuro levar para a vida.
Conheci muita gente, mas sai pouquíssimas vezes com amigos. Aproveitei muito mesmo, só até meados de abril… depois disso, as coisas foram ficando paradas. Julho foi bem agitado, finalizando com a melhor parte do ano, o show do Paramore. E então o tempo foi passando, comigo em casa mesmo. Tudo bem que durante o tempo, eu sai, mas sai pra encontrar com parentes. Depois de abril, só fui sair com amigos agora em novembro, que foi uma visita de uma amiga lá de Aracaju :)

Mas as poucas coisas boas que tiveram no decorrer do ano, foram muito boas! Imagina, vi as minhas duas bandas preferidas bem de perto! Melhorei muito no volante. Dirigi muito ouvindo música alta. Morei “sozinho” com a minha irmã durante 2 meses. Me arrisquei na cozinha. Acho que foi o ano que mais comi pão de mel também, rsrs. Açaí então, nem se fala! (Óh o tipo de coisa que eu escrevo na parte boa do ano… pão de mel e açaí, kkkkkkkk). E fechando o ano com chave de ouro, dei início ao processo pra tirar meu visto. Ano que vem, se Deus quiser, vou começar com o visto em mãos :D

E acabaram de me ensinar que, não passar a mão na cabeça quando acordar, evita que os sonhos fujam ^^
Legal né? Tomara que funcione mesmo.

 

Obrigado pela paciência.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Um tempo depois

Depois de muitos posts não relacionados com minha vida, eu acho que voltei pra escrever algo…

Tudo bem que teve aquele meu sonho ali… mas registrei pela falta do que escrever mesmo, e pelo fato do quão forte são as memórias dos sonhos com essa garota estranha, já que geralmente não lembro de tantos detalhes após acordar e não ser a primeira vez que sonho com ela.
Nunca soube quem é, nem nunca vejo o rosto dela por completo. Talvez nem seja a mesma. E pelo que me recordo, tive apenas uns 3 sonhos com ela.

Esses dias até estava inspirado pra escrever. E lembro de umas coisas, porém acho que fica bagunçado colocar todos os temas em um único post, rsrs.

Quero fazer uma retrospectiva amanhã, já que agora (23:50h) não me sobra muito tempo.

Mês passado passou voando! E esse mês, JÁ ESTÁ NA METADE!
Sexta-feira teve a festa de final de ano da empresa! Parecia que foi esse ano ainda que teve a anterior…
Essa semana será bem cansativa, pois estou me preparando para o inventário da empresa, que ocorre todo final de ano. Começará dia 26, e vai até o dia 28 :/
E esse ano, vou trabalhar dia 24 Ç_Ç Mesmo que seja até meio-dia apenas, acho que não terei cabeça pra viajar. Imagina só, maior correria por causa do bendito inventário, cobrança pra caramba, prazo curto, trabalhar até meio-dia, sair na correria pra Itapeva, chegar lá por volta das 16:30, e às 19h já tem gente correndo pra todo lado atrás das coisas da festa, tem a festa, aí vou dormir tarde, acordar um pouco tarde, e já ter que fazer as coisas correndo de novo pra poder voltar em um horário bom pra Jundiaí, pois no dia 26 tem que trabalhar!

Aiai viu…

Vou deixar pra postar mais outra hora. Desculpe pelo post chato…

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Sonhei


Lembro apenas de uma sala, com algum lugar macio para ficar, lençóis espalhados, e uma cortina deixando a luz de um entardecer entrar levemente por brechas oriundas de uma possível agitação causada pelo vento.
Eu estava encostado, e na altura de minha cabeça, estava ela, deitada em alguma base que havia acima do meu encosto, de forma que nossos olhos pudessem se encontrar enquanto eu estava sentado e ela deitada. Seus olhos estavam como os vi da ultima vez, castanhos e irrigados por uma emoção silenciosa. Senti que eu poderia ficar ali o dia inteiro apenas mantendo aquela comunicação que apenas os olhos entendem. Também dava para sentir seu cheiro. Então rompi o silêncio ao proclamar que aquele, também era o meu lugar preferido.
Sem desviar os olhos, levemente ela foi se levantando, com lágrimas de felicidade e sussurrando palavras de agradecimento, finalizando com um suave “amém”.

sábado, 30 de novembro de 2013

“Era verdade que as pessoas somem, que entram e saem da nossa vida como um vidro que entra no pé, um corte que fecha e nunca mais se fala nem no vidro nem na dor. Era verdade que as pessoas mentem, que elas têm defeitos, têm falhas, cicatrizes. Era verdade que as pessoas brigam, se deixam, não importa o tempo, nem a história, nem ninguém. Era verdade quando disseram que as pessoas vão morar longe, que mudam de vida, que começam do zero, não importa quem fique. Era verdade que as pessoas morrem, que viram um pózinho, que as vezes as roupas duram mais que os próprios corpos, não importa quem sofra. Era verdade quando disseram que eu deveria me preparar pra esses dias. Mas, talvez amanhã caminhando na rua alguma coisa aconteça e então vou sorrir e vou esquecer que isso tudo era verdade. E quando acontecer vou me surpreender de novo porque é isso que a gente faz. A gente costura o coração em cada noite de sono e todo dia pela manhã ele acorda pronto pra rasgar de novo e de novo e de novo. A gente não dorme. A gente fica se preparando pro dia seguinte. “

- Lanna em: Mundo de Cetim

domingo, 24 de novembro de 2013

Com “Ela”, tudo será novo novamente.

“Ted: Quantos lugares eu arruinei
para sempre por estar lá com a garota errada?

Lily: Então volte com a garota certa.

Ted: Não sei.
Começo a pensar
que uma pessoa tem um limite
de faróis em uma vida.
E já usei todos os meus.”

(How I Met Your Mother – 9ª Temporada)

Ted Pai: Isso é o tipo de coisa
estúpida que você diz antes de encontrar a pessoa
que faz tudo recomeçar, que torna tudo novo novamente.

Às vezes eu queria simplesmente ser incapaz de dizer “oi”.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

domingo, 17 de novembro de 2013

domingo, 3 de novembro de 2013

Coisa de empresa, A caminho de um sonho, e paixões de minutos.

Bom, hoje vou escrever ao som da set list do melhor dia do ano (30/07), e vou começar com um assunto atrasado aqui.

Tudo começou em meados de março. Um amigo meu na empresa foi promovido, e a vaga dele ficou em aberto. O único candidato com as habilidades necessárias era eu.
Abril, meu chefe me chama em reservado, e conversa comigo a respeito da vaga, e que a única pessoa que ele confiava o cargo, era eu. Disse para eu começar a mudar minha postura, e passar a “mandar” mais no pessoal, exigir mais da equipe e tudo mais. Mudei repentinamente, tratando todos com muito respeito, e consequentemente todos passaram a entender o que estava para acontecer. Ganhei minha mesa, meu computador, e todos os acessos para o sistema de análise de estoque do armazém. Maio, o gerente me chama, aperta minha mão, e me dá os parabéns… MAAAASSSS, disse que eu deveria segurar um pouco, pois como eu tinha férias vencidas, eu teria que tirar elas para ele poder me promover. “Marca para Julho”. Marquei, e aconteceu aquela bagunça que citei na época… a mulher do RH esqueceu de enviar a ordem pra matriz, e acabaram não aceitando em cima da hora. “Marca para agosto”. Marquei… No decorrer de julho, meu amigo veio me falar de algo que ele ouviu em uma conversa do gerente na sala, sobre colocar a “Fulaninha” como analista. Achamos que seria muita sacanagem se fosse o que estávamos pensando. Um tempo depois, vi o gerente passeando pela empresa com a “Fulaninha”, depois colocou ela pra trabalhar do lado do meu chefe, e depois passaram a colocar ela nos e-mails da equipe. Estava mais do que na cara do que estava para acontecer. Na véspera das minhas férias, surge um aviso no mural:

- Vaga para analista de estoque SISTÊMICO.

Fui falar com o meu chefe a respeito, e ele disse que era um terceiro analista, com um trabalho diferenciado.
Então perguntei se eu podia me candidatar, pois apesar da minha promoção estar certa, eu preferia pecar por excesso. E fui me candidatar. Porém minhas férias começaram antes da prova.

Quando eu voltei, na última semana de agosto, já haviam feito a prova, porém como sempre aconteceu, quando houvesse um processo seletivo assim, com pessoas de férias, essas poderiam fazer a prova depois que voltassem. Cobrei a minha prova para meu chefe, e ele disse que ia ver com o gerente. Passou o tempo, e nada. Chegou o dia que chamaram todos os promovidos do mês, inclusive a “Fulaninha” que fez a prova que eu não fiz, menos eu. Confesso que o sangue subiu nesse dia, pensei um monte de bobagem, mas eram pensamentos que não me faziam bem. Apenas pedi paz interior a Deus.
Uma ou duas semanas depois, enquanto eu trabalhava, chegou o meu chefe e o gerente juntos querendo falar comigo. Apenas o gerente falou… disse que estava devendo uma conversa comigo, e era pra falar sobre o que havia acertado comigo em maio. Disse todo o B-A-BA da gestão, custos e tudo mais, e falou o porquê eu não fui promovido. Explicou que o cargo que foi para a “Fulaninha” foi um cargo criado de ultima hora, pois o gerente geral viu a necessidade. Porém, na hora de passar para o cliente (somos terceirizados), ele não aprovou a verba para 3 analistas. Teria que ser os dois anteriores, ou um do anterior e um desse novo cargo. E ele preferiu ficar com a segunda opção. Disse que sentia muito por aquela notícia, que era um balde de água fria e tudo mais, e que eu poderia contar com a ajuda dele o dia que tivesse uma oportunidade melhor para meu crescimento profissional.

E sabe de uma coisa? Agradeci a Deus pela paciência e calma que Ele me concedeu desde sempre. E não fiquei bravo, pois já estava me lamentando em pensar o que eu iria dizer à eles, sendo promovido e uns meses depois pedindo pra sair da empresa para eu realizar meu intercâmbio.
Se ele estava mentindo ou não, eu não quero saber. É problema dele. Vou confiar no que me disse, e seguir em frente. Agora ele tem essa “dívida comigo”, e pretendo cobrar em breve ^^

Tudo correu perfeitamente…. as minhas férias atrasaram, mas ao mesmo tempo agosto foi o mês ideal para eu ter ficado em casa. Não fui promovido, mas ao mesmo tempo me livrei de ter que pedir demissão um tempo depois, e provavelmente a “fulaninha” tenha recebido essa promoção porque precisava muito mais do que eu.

-----------------------------------------------------------------------------------------

A muito tempo venho falando do meu sonho de ir para o Canadá. E agora esse sonho está muito perto de se concretizar (:

Em setembro eu tirei meu passaporte, e em outubro eu resolvi tudo o que precisa resolver quanto à documentação. Agora, só falta sair meu visto \o/

Não conseguiria nada disso, se não fossem meus pais, e meu amigo que vai me ceder um quarto na casa dele lá. Há também meus amigos e familiares que tanto me ajudam e me apoiam nesses planos. Só houve uma pessoa que me decepcionou quanto a me apoiar. Um primo meu, que mesmo apesar de conhecer a personalidade dele, achei que receberia o maior apoio. Mas é coisa do gênio dele. Ele quer sempre ser e ter o melhor de tudo. Agora que falei pra ele o quanto está perto de tudo, ele fica colocando defeito nos planos, rsrs. Da mesma forma que ele gosta da atenção que chama quando vai para Itapeva, e o pessoal ficou elogiando Jundiai em uma conversa sobre cidades boas pra morar. Ele simplesmente disse que não gostava e achava feia, sendo que ele nunca viu a cidade, rsrs. Mas vai entender esse tipo de gente né?! O que importa é que tenho recebido apoio de todo mundo, de muita gente querida que eu não conversava a um tempo e mesmo assim está muito feliz por mim. Obrigadão a todos!

No sábado passado, fui à São Paulo assistir uma palestra sobre o Canadá. Foi bem legal, pois todos os palestrantes já haviam morado lá, passaram fotos das experiências deles, falaram de várias cidades, curiosidades, e tiraram as dúvidas das pessoas. Eu não tinha dúvidas, apenas fiquei mais empolgado ainda (:

Antes de voltar para Jundiai, inventei de entrar no shopping em frente ao prédio da palestra. PRA QUÊ!? Shopping Frei Caneca.
Bem, em São Paulo é normal a gente ver homosexual pelas ruas, e em círculos de amigos. Tenho nada contra, e inclusive tenho amigos homosexuais. Eu os trato com respeito, como qualquer outra pessoa, e eles também me tratam com respeito. Normal.
Porém no shopping Frei Caneca, se você está lá desacompanhado, se prepare, ou melhor, NÃO vá desacompanhado de uma mulher. Porque como eu estava dizendo, desacompanhado, significa que você “está querendo”. Acontece que lá é o centro de concentração em massa de todo quanto é tipo de homosexual! De criança à velho. De vendedor à gerente. Todos! Pra todo lado! Reunidos! TE OLHANDO! Branco, negro, índio, amarelo, chinês, alemão, todo tipo! E ficam mexendo! “Psiu”! Muita falta de respeito! O negócio é fechar a cara e não olhar. Porque se você não gosta, e quer tirar satisfação, tudo bem, mas quero ver você bater em dois negão com 2 metros de altura, com os braços do tamanho da sua coxa. Estou falando sério. Tinha os velhos sem vergonha, reunidos em 10 a 15, e tinha esses também, do tamanho de armário andando de mãos dadas.

Depois de fugir de lá, fui para a rodoviária. No caminho, com passagens por ônibus e metrô, a gente sempre está sujeito àquela situação da “paixão de rua”. Vai dizer que as vezes que você precisou andar a pé, nunca passou por essa situação!? Aquela pessoa interessante no ponto de ônibus, ou dentro do metrô… rsrs. É o terror dos tímidos. Ficam trocando olhares um tempão, pensando no que falar, até perder a oportunidade quando cada um vai para o seu lado. Ficamos pensando que aquela poderia ser uma pessoa legal, bastava ter falado com ela.

Então, eis que estou na rodoviária, na fila pra comprar minha passagem pra Jundiai, e escuto uma voz feminina falando em inglês. Uma voz muito bonita por sinal. Então, só de ouvido na conversa, percebi que era uma brasileira, dando informação para um africano. Dei uma olhada discreta pra vê-los, e vi aquela menina linda! Nossa, como era bonita… não resisti, e olhei mais umas 3 vezes pra trás. Depois ela teve que ir embora, e deixou o negão lá, todo bobo com a recepção dele na rodoviária, kkkkkkkk. Então, quando fui para o meu ônibus, quem estava lá?! Ela! Ela olhou pra mim, tirou as coisas dela do banco do lado, olhei bem, e minha poltrona era na mesma fileira, mas no outro lado do corredor. Sentei, e fiquei ali, querendo olhar pra ela. Então, certa hora peguei ela olhando pra mim enquanto eu brisava na vista pra fora, ela voltou os olhos para a janela dela e ficou ali. Então eu passei a olhar pra ela enquanto ela não via, e vi que ela apenas virava os olhos para o lado que eu estava rsrs. Ficamos a viagem inteira nessa de “agora eu olho, depois você olha”. Cheguei a conversar com meu amigo por sms, sobre o quanto aquela menina era bonita. E eu pensando em um jeito de falar com ela, tomando coragem, e nada… Eu tinha 1 hora de viagem pra falar alguma coisa. Então decidi, que quando chegasse em Jundiai, eu ia elogiar ela ou algo do tipo, mas eu ia falar com ela, estava certo já. Chegando na rodoviária, desci e fiquei lá, plantado na frente do ônibus ainda. E quem disse que ela desceu ali!? NÃO! Foi pra não sei onde! Algum outro lugar que o ônibus passa depois de parar na rodoviária. Mas eu não sabia que tinha isso ainda. Que raiva! E lá se foi, mais uma oportunidade… Custava ter tentado falar com ela durante a viagem? rsrs. Timidez é uma bosta mesmo.

 

Então é isso. O post acaba por aqui.
Desculpe pela variedade de assunto, e obrigado pela paciência.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

domingo, 27 de outubro de 2013

Post chato

Não sei bem ao certo o que vou escrever aqui. Tinha um post meio velho já, parado aqui como rascunho. Mas já esqueci qual era minha linha de raciocínio naquele dia.

Tem algo a ver com uma reflexão que fiz, que resultou na seguinte frase: “Não espere que te escolham por quem você é, enquanto você escolhe os outros pela aparência.”

Acredito que isso vale pra MUITA gente. E é algo que eu confesso que já me peguei contrariando. Mas eu disse isso, porque no fundo no fundo, é o que eu adotei pra mim. E digo que me peguei contrariando isso, porque é obvio que mulher bonita chama a atenção. Mas pra se ter noção, por exemplo, eu perco o “encanto” por mulher que gosta de funk, ou que não sabe conversar. rsrs

Se eu falar que a aparência não conta, estarei mentindo. Mas acho que personalidade é 60%. 60%, porquê 50% é neutro demais. Não sei se eu já disse aqui, mas uma vez, nos meus 14/15 anos, gostei de uma menina por muito tempo, que depois que me decepcionou com uma atitude, passei a me questionar como que eu achava ela bonita. rsrs

As pessoas reclamam muito sobre não achar “alguém perfeito”, e alegam ser impossível existir. Principalmente as mulheres. Mas olha bem, a mulherada quer achar um cara sem histórico de “pegações” (foi o único termo que achei ideal para me expressar quanto a isso), enquanto elas também tem um histórico enorme.
Outra coisa que tem acabado com a ordem dos fatores, é essa “filosofia” de vida, sobre viver sozinho, curtir a vida e a você mesmo intensamente, blablabla. De certa forma, dá a entender que as pessoas estão – desculpe o termo – cagando e andando para os outros. Porém há algo em nós que não controlamos; nossos sentimentos, ou como dizem, nosso coração. Então essas pessoas se envolvem, e querem ao mesmo tempo as mil e uma experiências da vida. Se deixam levar pelos clichês das histórias bonitinhas. Se conheceram melhor no luau da escola, tiveram algo intenso em um show que ambos gostavam, cresceram juntos, tiveram um reencontro em um lugar inesperado após muitos anos, etc. “Ahhh PH, como você é chato!” haha, isso eu chamo de verdade inconveninete. É fato! Vai dizer que essas coisas não são legais!? E acontecem! Mas pelo fato de as pessoas quererem dizer que foi tudo assim, bonitinho e tal, acabam se precipitando quanto à escolha de seu parceiro, e vão fazendo vista grossa para defeitos da relação, só pra tentar manter a história bonitinha. Um belo dia, tudo vem à tona, e cada um vai pro seu lado.

Sei que tem essas histórias que dão certo. Na verdade, às vezes dão muito certo. O que quis dizer, é que essas coisas influenciam muito na intensidade do momento, que levam as pessoas a tomarem iniciativas precipitadas. E digo precipitadas, porque na maior parte dos casos, as pessoas planejam suas vidas sem contar com eventos como relações. Acabam ambos se prejudicando.

Não quero dizer que não é pra se relacionar e tudo mais. Nada disso. Apenas acho que as pessoas deveriam ter mais pé no chão, e que momentos românticos não são eternos. Durante a relação eles devem ser frequentes, lógico, mas não com 36128764816 horas. Filmes, livros, e novelas não mostram o que acontece com o casal depois que acaba, rsrs.

É isso.

Obrigado pela paciência

sábado, 5 de outubro de 2013

Sinto que tem tanta coisa atrasada…

Bem, hoje é um sábado. Um sábado tranquilo, em casa, no meu canto, quieto, escrevendo e ouvindo música, com a iluminação do jeito que eu gosto.

IMG_1578

Poderia ter ido trabalhar? Poderia. Não me chamaram, mas me prontifiquei, me arrependendo 1 segundo depois. No final do dia na sexta-feira, avisei que não iria mais.

A propóstio, antes que eu esqueça, passei o dia trabalhando com duas chinesas ^^ Elas foram fazer auditoria no estoque pra ver se estava tudo dentro dos conformes. E o único que sabia falar inglês rasoavelmente bem, era eu. Meu chefe me chamou, avisou que elas iriam pra lá, e perguntou se eu poderia ajudar.
Ambas devem ter por volta uns 20 a 24 anos no máximo. Super moleconas, rsrs. Esses chineses estão mudando meus conceitos sobre eles.

----------------------------//----------------------------

Final de semana passado fui para Itapeva (:
Aproveitei pra visitar minha mãe e o Luppy :)
E teve uma festa de aniversário de um primo, que todo ano fazem essa festona pra ele. Quase a família inteira se reúne… tem todos de Itapeva, e quase todos de São Paulo. É sempre muito legal tudo… principalmente porque junta eu e mais dois primos da mesma idade. A gente não apronta muito, mas dá pra sair histórias pra contar, rsrs.
Dessa vez, não tinha lugar na casa do que mora lá, mas eu e o outro sempre dormimos lá… tínhamos que nos virar de alguma forma. Fomos ao PUB para o outro conhecer, e saímos de lá por volta das 1:30 da madrugada. Fomos até a casa da minha vó pegar um colchão, e…. quem disse que alguém atendeu a gente? kkkkkk “Ok… a gente faz um bem bolado lá com cobertor no chão”.
Quando fomos sair de lá, quem disse que o carro dava partida!? kkkkk sem bateria, não sei como! Então um ficou dentro do carro, e nós dois empurrando o carro. Só que estava MUITO pesado, e começou a chuviscar… a gente já entrando em desespero, o outro alinha o volante e sai do carro pra tentar ajudar a empurrar, só que no mesmo instante que ele saiu, o carro desandou de uma forma impressionante! kkkkkkkkkkk E ele é o gordinho XD Eu e o outro não se aguentava de rir da situação. Só foi ele sair! Incrível como era bem mais pesado antes. Então ficou aquela cena, a chuva engrossando, e dois marmanjos tendo crise de riso enquanto tentavam empurrar um carro. Cheguei a apoiar o rosto na traseira do carro, de tanto rir, rsrs. Mas pegou no tranco e fomos pra casa.

----------------------------//----------------------------

Dia 19 de setembro, chegou meu GTA V aqui em casa :D
E em 12 dias eu zerei, rsrs. O jogo é impressionante! Gráficos, detalhes do mundo, dinâmica da cidade, tudo! Pensaram em cada detalhe. E ontem eu consegui jogar on-line pela primeira vez.
A história é muito curta! (Não sou viciado ¬¬) E esperava um pouco mais do mapa, mas tranquilo ^^

----------------------------//----------------------------

Eu e a minha irmã estamos nos virando bem. Não TÃO bem, kkkkkkkk, mas não passamos fome, graças a Deus.
No primeiro final de semana a sós, eu me arrisquei na cozinha, e fiz um macarrão ao molho branco. Peguei uma receita de molho branco na internet, e olha…. não quero me gabar (mesmo porque a receita não é minha), mas ficou MUITO BOM! Ficou viciante! Nós dois traçamos todo o macarrão. A intenção era fazer muito pra sobrar pra ela esquentar na segunda-feira, mas não resistimos.

Já fizemos sessão tranqueira. kkkkkkkkkk, que se resume a comprar um monte de tranqueira pra comer, juntar tudo e comer.
E hoje praticamente almocei 670 ml de açaí com granola e mel XD

É engraçado ir ao mercado fazer compras com ela, dá uma sensação de independência que não passa nunca!

----------------------------//----------------------------

Hoje assistimos a um filme, chamado Truque de mestre. MUITO F*** Bom! Que tem a participação dessa coisa linda da Mélanie Laurent kkkkkkk Estou ficando fã dela. A vi pela primeira vez no Bastardos Inglórios, e depois no Toda forma de Amor.

je-vais-bien-ne-t-en-fais-pas-2006-05-g

 


Acho que vou finalizar por aqui.
Obrigado.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Pequenos acontecimentos, grandes mudanças.

Todo dia tenho pensado um pouquinho sobre coisas que dão para escrever no blog. Mas não passam de minhas memórias.

Estou em um estado emocional meio estranho, não conheço uma definição pra isso. Mesmo porque, existe essa sensação interna, como também existe as boas sensações. Então mistura tudo, e acho que acaba resultando no que sinto.
Está faltando uma parte de mim. É como se tivesse aberto um buraco na minha vida, e o processo de cicatrização  estivesse sendo muito lento. Me sinto muito neutro. Tenho meus momentos de distração, como trabalho, e conversas que dão uma descontraída. Mas quando fico sozinho, bate esse vazio :/

----------------------------------------//-----------------------------------------

Não aguento mais onde eu trabalho… As coisas já foram melhores por lá, mas eu gosto de ver a coisa funcionar sabe? Todo mundo sabe que o problema principal são as pessoas, e no início dessa nova gestão, estava indo muito bem. Quem não entrasse no perfil da empresa, saia fora. Só que o maldito comodismo voltou a assombrar aquele lugar. Desanima a gente querer fazer a coisa certa, saber a causa dos problemas, mas ninguém tomar providência. De um “Cadê!? Vamos ver isso aí!”, passou a ser um “é… poxa vida, é fogo né… que coisa…”  Odeio depender de gente assim.

E não é querendo ofender ninguém, mas o nível de postura das pessoas que trabalham lá, é muito baixo. Não aguento mais tanta falta de companheirismo, gente sem noção, gente folgada, gente preguiçosa… Eu já sabia, mas agora eu tenho certeza que não estou no lugar certo. Queria acreditar que eu estava tendo paciência, mas minha paciência pra me enganar se esgotou.

----------------------------------------//-----------------------------------------

Sinto falta de momentos com amigos. Sim, no facebook eu tenho um monte, mas no meu caso quase todos moram longe, e quando moram perto, é quase impossível marcar para fazer algo.
Quando eles não têm trabalhos e compromissos com a faculdade, eles têm namorada(o).
Os que me restam são uns conhecidos da igreja. Que TODA vez vão para o Burguer King sábado de noite. Não aguento mais. Sem contar que não estou disposto a ficar pagando toda vez para me divertir.
Bom… Eu, o Henrique, e o Jhol estamos vendo um dia pra sairmos. Vamos ver se vai dar certo.

----------------------------------------//-----------------------------------------

Queria escrever mais, mas estou desanimadão, de verdade. Tentei dar o meu melhor aqui, só pra dar notícias mesmo.

 

Obrigado.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Quebrando o silêncio

Bem…. um post padrão, do tipo que sou acostumado a postar e qe pretendo fazer agora, faz MUIIITO tempo que não escrevo.

O fato é que voltei aqui para escrever as mesmas abobrinhas de sempre.

Hoje é meu ultimo dia de férias, rsrs. Pois é, tirei minhas férias “atrasadas”. E se eu tivesse o compromisso de sempre postar coisas da minha rotina aqui, eu diria que estou atrasado com o blog também. Eu estava vendo aqui, e o ultimo post válido, foi no dia 11 de julho! Vixi… faz tempo hein. Mas já passei mais tempo que isso. Enfim! Os ultimos meses pra mim foram mentalmente muito cansativos. Essas férias definitivamente vieram do céu! Me assusto ao novamente me dar conta do quanto é certo que “pra tudo o que acontece, há uma boa razão”. Incrível! Preferi mil vezes o erro da mulher do RH do que ter tirado antes.
Meu mês de julho foi extremamente agitado. Fui para Itapeva 3 finais de semana seguidos! Só não fui no de 27 e 28. E pra mim parece que aconteceu muito mais coisa do que realmente aconteceu.

Mas beleza… Julho passou voando. Teve o show do Paramore dia 30 (ai meu Deus… Já disse tudo e repito: foi demais). E dia 5 começaram minhas férias. Achei que resolveria de tudo nas férias.
Mas só resolvi duas coisas no banco na primeira semana, e pronto. Esse meio tempo de Julho pra cá, muita coisa aconteceu não diretamente comigo, mas indiretamente sim. Coisas que me fizeram rever várias vezes minha vida, em várias possibilidades. Estava com muita coisa na cabeça sabe… se não fossem essas férias, acho que eu teria surtado emocionalmente. Foram dias que praticamente fiquei em casa, quieto, lendo meu livro, jogando video-game, assistindo filme, fuçando na internet, ouvindo música, e por aí vai um leque de possibilidades desse mundão chamado “casa”. Tá, sai algumas vezes. Umas 5 eu acho…

Não andei de bike. Não andei no waveboard com rodinhas novas. Não fui no dentista. Não fui no cabelereiro. Não zerei nenhum jogo. Não viajei pra Itapeva. Não tirei meu passaporte.

Resolvi meu problema no banco. Terminei um livro. Comecei outro livro. Passei dois dias com meu primo. Fui pela primeira vez no IMax 3D. Arrumei minha escrevaninha como sempre quis. Tive um ótimo aniversário.

E agora, à beira do fim do ultimo dia útil de férias, creio que minhas “coisas” estão em ordem.

 

Ósculos e Amplexos

sábado, 10 de agosto de 2013

Dia 30/07/2013–Mais um “Para sempre na memória”

Simplesmente mais um dos melhores dias de minha vida!
1077728_492309897523467_360926828_o

Após uma “deprê pós-show” como dizem as pessoas com esse sintoma, estou aqui inteirinho e recuperado do melhor show da minha vida. :D

O engraçado, é saber que todo mundo passou pelo mesmo que eu, rsrs. Vou explicar.
Sempre escutei o paramore quase todos os dias de minha vida após conhecer eles, mas quando surgiu a notícia de que eles viriam dar show aqui novamente, (Comentei no final desse post http://bagulhodopaulista.blogspot.com.br/2013/04/o-melhor-ano-melhor-sensacao-sensacoes.html) fiquei louco, em pânico, e por uns dias houve uma breve trégua de Paramore. Não me perguntem o porquê… o interessante, é que os fãs na fila notaram a semelhança entre basicamente todos nós. Aconteceu essa trégua com todo mundo!! kkkkkkkkk como pode? O que seria isso? Pelo menos todos os doentes como eu que estavam ali conversando, disseram que também passaram isso. Ninguém sabe o porquê, mas aconteceu, rsrs. Enfim… Como eu disse no post que eu mencionei anteriormente, EU COMPREI PARA PISTA PREMIUM! E SIM! QUASE COLEI NA GRADE! (Detalhes mais a frente).

Abril: Comprei meu precioso ingresso06c6eaf6b85011e29ca422000a1fb149_6

Maio e Junho: Trégua de forças estranhas assumiu a comunidade parawhore (pesquisa parawhore no google pra você ver)

Julho: Ahhhh Mês de Julho… Se você pudesse falar…. Você tentou, MAS QUEM DISSE QUE ALGUM FÃ OUVIU!? kkkkkkkkkkkkkkkk PARAMORE nos tímpanos da galera! Foi todo santo dia! Indo e voltando do trabalho. Paramore Paramore Paramore

Faltando uma semana, estava quase impossível dormir. Os grupos de facebook destinados ao assunto estavam bombando! E os Shows começaram a rolar em outras cidades. Todo mundo acompanhando cada foto e vídeo postado após e durante os shows.
E eu, uma semana antes, falei com meu chefe sobre a possibilidade de me liberar no dia 30, pois eu tinha assunto pessoal pra resolver (Eu não menti :D ). Pronto… Segunda-feira, em contato com meu primo de SP, a pergunta era: “Como vamos fazer?”
Tudo bem que tínhamos ingressos para pista premium, mas a pista premium já tinha fila 20 dias antes do show!!! Juro. Teve até arrastão de madrugada :/ Coitados, pelo menos não levaram os ingressos deles.
Enfim… meu primo tinha uma amiga que estava lá na fila, e os fãs que acamparam lá durante alguns dias, estabeleceram uma amizade e acabaram tomando a atitude de se responsabilizarem a organizar os perdidos da vida que iam chegando (tipo eu e meu primo). Pessoas abençoadas, só pode! Eles pegaram todos que estavam ali, e perguntaram entre eles quem tinha algum amigo que também estaria ali se não fosse por algum compromisso inevitável, como por exemplo; pessoas que trabalham. E é aí que nós entramos. A amiga do meu primo colocou nosso nome lá (obviamente estaríamos lá se não trabalhássemos). Grupo 9! Esse era o nosso grupo.

Nos encontramos na Barra Funda, e de lá saímos sem saber ao certo pra que lado ficava o Espaço das Américas. Não foi muito difícil saber… a região estava lotada de gente com acessórios do Paramore, e dava pra ouvir gritaria a uns 2 quarteirões de distância. Tinha MUITA gente. As filas eram enormes! Então chegamos bem lá na frente do local, que tinha uma escada para subir, e logo de cara tinham as portas de entrada. O local inteiro com grades para separar o movimento das pessoas e o trânsito de carros. Havia uma fila enorme a se perder de vista, que ia até as escadas e…. “acabava” em uma fita zebrada. Após essa fita, continuava a fila. Fomos até lá, e um rapaz veio falar com a gente.
- Vocês são de algum grupo?
- Somos
- Qual o nome de vocês?
- Eduardo e Paulo, do grupo 9
- Podem passar
- Como a gente faz?
- Vão por fora acompanhando a grade que separa a fila da rua, quando acabar a grade, entra no meio da fila mesmo, e vai andando pedindo licença… é o jeito.

Achei que as pessoas iam nos fuzilar, mas fomos pedindo licença, passando a perna por cima de um monte de gente sentado no chão, chegamos lá na fita no meio da escada, passamos ela, e achamos a amiga do meu primo. Ela estava bem no meio do pequeno local ali em cima! Ou seja, tinham umas 100 pessoas na nossa frente! SÓ!!!!!! Foram super legais com a gente, ofereceram coisa pra comer e água. Me senti extremamente feliz e a pior pessoa do mundo ao mesmo tempo. Porquê simplesmente eu entrei no mesmo lugar, e até na frente de pessoas que acamparam lá para poder ter esse lugar! Atrás de nós, tinha o ultimo grupo, que devia ter umas 20 pessoas no máximo.
Fiz um desenho, para ter uma ideia de como era o lugar +-
Clica nele pra ampliar

001

e tem uma foto que eu tirei da fila. A foto de fila mais bonita que eu já vi kkkkkk

1080854_10151763965079626_2010758777_n

Depois, pra melhorar ainda mais, no momento de abrir as portas, pediram para fazer fila de homem e fila de mulher, por causa das revistas (mulheres revistaram as meninas antes de entrar). Ou seja… Eu e meu primo disparamos! E haja segurança lá dentro! A gente corria corria corria, aí o segurança gritava: “Não corre!”. Reduzíamos os passos, e quando passava dele, corria de novo! E outro já gritava: “Não corre porra!” kkkkkkk, passávamos de mansinho, e depois CORRE CORRE CORRE!

Chegamos! Uff…

5 minutos depois… Juro. Uns 5 minutos depois, caiu a ficha!
Eu ali, 3 pessoas na minha frente, grade, palco, microfone… Espera aí!!! EDUARDO!!!!!!!!!! CARA!@¨*&$¨ OLHA ONDE A GENTE ESTÁ!!!!!!! ELA VAI CANTAR ALI!!!!
Eduardo: – Agora que você se deu conta!?
Eu: – AHAM!! :D MEU DEUS!!!!!! A GENTE ESTÁ PERTO DEMAIS!!!!! Só dava a minha voz ali kkkkkkkkkkkk Pessoas olhavam pra trás até kkkkkkkkk (nessa hora tinham umas 300 pessoas, mas todos distribuidos davam umas 3 filas de pessoas paralelas ao palco.
_______________________________________
_______________________________________
_______________________________________

Teve uns showzinho de abertura de uma banda que ninguém nunca ouviu falar, e depois…. Ai meu Deus… foi demais!
Eu não tirei foto nenhuma, seguindo a minha preferência em querer aproveitar melhor o show, e guardar cada segundo ao vivo na memória, ao invés de lembranças em uma tela. (teve gente que filmou e tirou foto o show inteiro ¬¬)
Uma dessas pessoas, foi uma menina que conhecemos na fila.
Ela ficou na minha frente, mas tirou fotos exatamente do mesmo ângulo que eu tinha, porque estava tão apertado, mas TÃO apertado, que a minha cara ficava por cima de um dos ombros dela kkkkkkkkkkk às vezes o coque dela (é assim que escreve? aquele bolinho de cabelo amarrado) pegava no meu pescoço e me sufocava. E por falar em sufocar, Ohhhh sufoco aquele lugar! Paguei caro, e ainda fiquei apertado pra caramba! Fiz o máximo que pude pra respeitar as mulheres. Essa amiga que conhecemos na fila, foi muito sortuda em achar a gente como amigo, ou ela fez de propósito mesmo kkkkkkk, porque meio que protegemos ela o show todo. Sorte que a amiga do meu primo não quis ficar no mesmo lugar, porque senão a gente não ia dar conta. Tinha muita gente bruta. Nossos braços apanharam por nós e por elas. Mas depois a turma sossegou. E o show foi maravilhoso!
Vou colocar algumas fotos que ela tirou, e que eu estava do lado.

Essa foto passa a noção perfeita da distância que a gente ficou :D

1077728_492309897523467_360926828_o

1091005_492311337523323_459658356_o

1079100_492310780856712_1806724718_o

1094545_492309654190158_1811853502_o

1093917_492309400856850_1673825161_o

1074918_492309207523536_1705663212_o

1097716_492306710857119_664593847_o

1091009_492303224190801_1224778297_o

1075462_492311560856634_75046978_o

\o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/

E pra finalizar, olhe esse vídeo da turma que estava acampando. Eles cantaram Last Hope de madrugada na calçada. Ficou muito bonito.

Obrigado pela paciência ^^

domingo, 4 de agosto de 2013

Paramore: Last Hope (Audio)



Last Hope

Paramore

I don't even know myself at all
I thought I would be happy by now
The more I try to push it, I realize
Gotta let go of control
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
So let it happen
It's just a spark
But it's enough to keep me going
And when it's dark out
No one's around, it keeps glowing
Every night I try my best to dream
Tomorrow makes it better
And I wake up to the cold reality
Not a thing has changed
But it will happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
It's just a spark
But it's enough to keep me going
And when it's dark out
No one's around, it keeps glowing
It's just a spark
But it's enough to keep me going
And when it's dark out
No one's around, it keeps glowing
And the salt in my wounds
Isn't burning anymore than it used to
It's not that I don't feel the pain
It's just I'm not afraid of hurting anymore
And the blood in these veins
Isn't pumping any less than it ever has
And that's the hope I have
The only thing I know is keeping me alive, alive
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
Gotta let it happen
It's just a spark
But it's enough to keep me going
(So if I let go of control now I can be strong)
And when it's dark out
No one's around, it keeps glowing
It's just a spark
But it's enough to keep me going
(So if I keep my eyes closed with the body whole)
And when it's dark out
No one's around, it keeps glowing
 
 
Fonte: http://letras.mus.br/paramore/last-hope/

domingo, 28 de julho de 2013

terça-feira, 23 de julho de 2013

Religião

Achei que não postaria algo desse tipo no blog um dia, por se tratar de um tema particular demais. Nesse caso, respeitava as crenças daqueles que aqui passam, sem querer “forçar” a ler algo que possa entrar em conflito com suas filosofias particulares. Porém, como aqui não se trata de um blog com assuntos restritos ao senso comum, leia quem quiser… Não vou deixar de escrever sobre isso.

Você já se entregou a Deus?
Exatamente… já fez isso? Se já, você com certeza sabe.
Parece estranho falar assim, mas há quem diga que se entregou, porque foi em alguma oração em grupo, alguém o induziu a tomar tal atitude, e pronto… fica aquela coisa de “consciência limpa”, estou errado? Mas certamente nesse momento, ninguém se entregou de fato.
Digo essas coisas um tanto chocantes para alguns, por experiência minha. “Me entreguei” várias vezes. Juro. Mas o dia que foi de coração, de minha vontade própria, que clamei pela presença Dele em minha vida, e entreguei de fato a minha vida a Ele, foi totalmente diferente. Se sente algo de outro mundo. Não consigo achar palavras que possam medir a grandeza de sensações que eu senti.
A partir desse momento, você não tem dúvidas de que é a melhor coisa que está fazendo pra você. Abra mão de querer conduzir sua vida aos seus planos. O que pode parecer algo complicado de se entender, pois nenhum de nós vive sem um “horizonte”. Sim, você tem planos, planos que eu chamo de “vontades”. Os planos de minha vida pertencem a Deus. É algo que você sente dentro de você… sente que foi de coração abrir mão de querer decidir cada caminho.
Só sentindo mesmo pra poder entender melhor isso.
A gratidão, muitos confundem com o simples fato de agradecer a Ele por tudo o que tem feito. Quando na verdade, você deve agir (tentar o mais próximo) segundo a vontade Dele. Digo em termos de postura segundo  a Palavra. Pude observar certo dia, um rapaz que se diz crente, comentando assuntos indecentes com colegas, quando um outro – de ótimo caráter e temente a Deus – se aproximava. Rapidamente o outro cortou o assunto. Em seguida, comentou comigo que sentiu vergonha naquele momento de estar conversando aquelas coisas quando o outro se aproximava, e que pesou em sua consciência aquela atitude. Esse é o cara que vai na igreja, lê a bíblia, mas não adota uma postura única. Na presença de alguns ele é uma pessoa, e na presença de outros ele é outra pessoa. Pergunto a você agora; você vai a um bar com amigos de “farra”, você conversaria a mesma coisa de sempre se tivesse um pastor/padre presente?  “Ahhh PH, você também não pode comparar as coisas desse jeito, há toda uma questão de respeito diante de pessoas como essas” Certo… Mas esqueceu que há “Alguém” onipresente na sua vida?
Aí, você vai, agradece a tudo o que Ele tem feito pra você, as oportunidades que estão surgindo em sua vida, e acha que simplesmente é isso? Ele quer suas atitudes. Haja como alguém que deve a vida a Ele.
Tudo deve ser buscado por você, vindo do coração, daquela voz desesperada lá dentro de você, que pede por mudanças e milagres em sua vida.
Peça perdão pelos seus pecados. Entenda que pra Ele não existe pecadinho e pecadão. Confesse o que você já fez, Ele sabe, mas quer ouvir de você cada um de que se arrepende. E sim, até mesmo aquele que dentro de você, dirá a você mesmo “isso não precisa falar”. Fale. Confesse. Tem que haver arrependimento, e então tenha fé de que será perdoado. Esse já é um grande passo.

Não faz muito tempo que senti ter me entregado de fato. Mas desde então, Ele tem manuseado minha vida de uma forma, que jamais pensei que aconteceria tanta coisa tão repentinamente. E então, as peças desse plano vão se encaixando de uma forma tão perfeita… Cada pessoa, e cada acontecimento, tudo se unindo por um único propósito; o grande plano. Não me importa mais o quanto pareça ruim alguma mudança. Eu sempre terei fé de que Ele sabe o que faz. E que daqui alguns anos, vou agradecer a Ele novamente o que fez comigo.

 

Acho que é só… Obrigado a você que leu tudo.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Amanhã/Hoje eu volto a escrever

Pra deixar mais claro… ainda são 01:03h a.m. do dia 22/07.
Então… só hoje de noite eu venho escrever. Eu acho.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Finalmente!

Nossssssss…. Faz tempo demais que não escrevo aqui! Smiley confuso

Acho que tenho muita coisa pra escrever, entre minhas bobagens rotineiras e reflexões.

Eu não cheguei a comentar do casamento do Jhol né? Nossa, foi bem legal! A ideia era eu comprar/alugar uma roupa legal. Nessas, desisti de comprar e alugar, e acabei pensando em usar o que eu tenho mesmo. A princípio, ia trocar apenas a camiseta. Então fui à uma loja indicada pelo Jhol (meu amigo, o Noivo) e foi perdição total kkkkkkkkkk Sai da loja quase completo XD Até lenço pra por no bolso do terno eu comprei. Fico imaginando que os vendedores me venderam aquele lenço, e depois que eu sai de lá, esperaram eu tomar distância, olharam um pro outro, e disseram algo semelhante a “ele não vai usar…” Racharam o bico eternamente de mim. kkkkkkkkkkkk

Enfim… Casamento. Altar. Jéssica e Jhol casando. Madrinhas sentadas, padrinhos em pé. Paulo Henrique ao lado do Henrique Paulo. Um diálogo:

- Você já chorou?
- Um pouquinho.
- Se eu chorar, você chora também.
- Fechou.

Após a cerimônia, nos surgiu um convite do Jhol e do irmão da Jéssica.
Durante a festa, dançarmos a dancinha clássica do Carlton

Sim… nós dançamos isso. E foi filmado! \o/ Muita gente gostou kkkkkkkkk e foi muito engraçado fazer isso.

------------------------------------//------------------------------------

Nesse meio tempo que não escrevi, assinei minhas férias para o dia 08/07. Anunciei para algumas pessoas. Fiz planos para os dias. Olhei preço de passagens para comprar o quanto antes. Marquei para tirar passaporte, etc… Uns dias depois, a moça do RH, me vem com uma cara de pastel, avisando que esqueceu de enviar a solicitação das minhas férias à matriz, e que não estavam aceitando.
Ela: – AI, não me diga que já marcou alguma coisa, que senão o Marcos (gerente) me mata.
Eu (meti o louco pra pesar na consciência dela): – Não não… só combinei com meu pai, minha irmã, alguns primos e minha namorada para todo mundo assinar as férias juntos. Todo mundo já assinou também, e agora só eu que vou ter que pular fora.
Ela: – Ai, Paulo, não me olha assim.

Porque eu nasci bonzinho? PORQUÊ? Eu poderia muito bem ter falado pra ela se virar.

Mas não… Teoricamente, estão marcadas para o dia 05/08. Vamos ver.

Já que estou falando de algo na empresa… que tal os dias que eu emendo feriado, porque compenso trabalhando alguns minutos a mais todo dia? Legal né… teve o dia 9 que foi feriado estadual em SP, e nessas a empresa emenda a segunda-feira. Claro que combinei coisas para esse dia. Porém, uns dias depois de perder as minhas férias, meu chefe me fala que vou trabalhar nos dias 5, 6, e 8! Que maravilha né!? Resumindo…. foi inventário (meu principal trabalho), não tinha como dizer “não”. Mas conseguimos quase finalizar no sábado mesmo. Fui recrutado para trabalhar na segunda, “chorei” pro chefe me liberar a segunda-feira. E ele me liberou!!!!!!!!

------------------------------------//------------------------------------

Fui pra onde? Pra onde?!
Itapeva! Lógico! :D

E foram dias abençoados ^^

Encontrei com uma das pessoas mais especiais pra mim atualmente.

2013-07-08T22-36-42_5

Teve a boa e velha bagunça em família (saudável ^^) na casa da Tia.
Passeio no “grande nada” kkkkkk
Frio de Itapeva.
Etc….

Quando voltei agradeci muito ao meu chefe ^^

E amanhã, além de sair mais cedo da empresa, eu já vou direto para a rodoviária para ir para Itapeva novamente. Domingo eu volto (:

E por enquanto… é só “)

 

Obrigadão pela paciência

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Boca de praga

O título assusta né?
O que quis dizer é que eu realmente nunca sei o que será de minha vida. Pois é, eu sei, sempre digo isso kkkkkkkkk. Acontece que até umas semanas atrás, eu escrevi coisas esquecendo o quanto a minha vida é incerta. Dá impressão que aconteceu tanta coisa em tão pouco tempo!
Novas perspectivas, novos planos, novos desejos…. eu sou maluco, só pode. (Relendo… refleti, e lembro que sempre peço a Deus, e reforço, que minha vida está nas mãos Dele, então não tenho o que reclamar :D)

A cabeça anda à mil, com sentimentos, compromissos, e tarefas do dia-a-dia.
E de repente….
             53
-------------------------------//-------------------------------
Essa ultima semana foi uma loucura! kkkkkkkkkkkk
Estou cobrindo meu cargo, um cargo de um outro que é superior a mim e saiu (a vaga dele está aberta :D) e metade das tarefas do meu chefe, que está de férias. Bom… essa coisa dele tirar férias, me fez lembrar que ainda não comentei aqui, mas meu gerente está planejando me dar férias de novo (ou já comentei?), e tudo indica que será em julho! 20 dias, sem saber direito o que fazer.
Ontem fui pra Curitiba no aniversário de uma prima. E foi uma parte da família pra lá também! Apesar de ter sido rápido, foi muito bom ter feito isso. Bateu uma nostalgia passar pelo caminho o qual eu havia passado pela ultima vez 13 anos atrás, deixando aquela região por uma vida em João Pessoa… Pensei em tanta coisa, tantos planos feitos e desfeitos, e toda aquela volta na vida, eu ali, novamente naquela estrada, fazendo o caminho inverso.
A festa foi dessa coisinha linda aqui
 IMG_1010
Rsrs, ela não gosta de foto, mas essa foto eu consegui porque liguei a câmera da frente do ipod, e ela ficou fascinada em ficar se vendo na tela XD
Mas o gostoso do passeio mesmo, foi a reunião em família. Aquela coisa de ficar um monte de gente na cozinha conversando, e dando muita risada.
Enfim… foi bem rápido :/
-------------------------------//-------------------------------
Finalmente troquei meu celular! E android não faz mais parte de minha vida. Peguei um Lumia 720. Ele usa windows 8, tem uma câmera excelente, boa duração de bateria, mas venho notando um leve erro na transição entre um aplicativo e outro, e acho que a Nokia pecou em não fornecer acessórios melhores. Nem digo acessórios, porque na verdade só veio o fone de ouvido, que é daqueles pequenos que ficam “dançando” na sua orelha… e não veio carregador pra carro. Sei que alguém pode estar achando demais eu reclamar disso, mas acontece que no meu celular anterior, da MOTOROLA, que 2 anos atrás era o celular equivalente a esse novo, veio tudo do melhor. Meu fone de ouvido da motorola é excelente (Estou usando ele no Nokia, rsrs) e veio com o carregador veicular… E convenhamos que se for analisar bem, a marca dos celulares, na maior parte do tempo tem chance de aparecer mesmo, quando as pessoas estão escutando música. Está lá, o fone bonito, com a marca escrita…
-------------------------------//-------------------------------
Amanhã….. Casamento do Jhol e da Jéssica! Passou rápido demais! Nossa. E eu empolgado com o fato de ter que me vestir de social kkkkkkkkkkkk
-------------------------------//-------------------------------
Lembra que eu disse de um livro que estava me matando, porque ele tinha muitas linhas escritas em letras beeem menores? Então, sinta o drama.
IMG_1024
Não são todas assim, mas essa é um exemplo do que acontece que me deixa tão cansado. Mas já estou quase acabando :D
-------------------------------//-------------------------------
Assisti “Se beber não case 3” ! Muito bom! Pra mim, o melhor dos três.
-------------------------------//-------------------------------
Música aleatória pra semana ^^

Acho que é só.
Obrigadão pela paciência
ósculos e amplexos

sábado, 25 de maio de 2013

Simple Song–The Shins

Só pra matar a vontade de postar algo aqui ^^

Ouvi essa música no ultimo episódio da penúltima temporada de How I met your mother, uma das minhas séries favoritas.

Acho que se encaixa no gênero Índie. E nunca tinha escutado alguma outra música do grupo. Vou dar uma pesquisada.

Apreciem (:

segunda-feira, 20 de maio de 2013

domingo, 19 de maio de 2013

Minha comunicação, dando conselhos, e não me vejo casando.

Continuando…

Nos ultimos dias, confesso que não fui muito comunicativo. Sinto muito em não ter conseguido evitar isso, mas acho que é uma coisa independente de nós, que nosso cérebro nos diz: “Estarei desligando algumas funções, pra você tomar um tempo e se dedicar mais a esse assunto.”
Pensei em até mesmo me desligar do facebook, sumir do mapa digital, e do mundo também. O que me fez lembrar que certa vez, no 2º ano, anunciei para algumas pessoas que faria isso, e uma amiga me disse: “PH, você já é um maldito coisa rara que nós mulheres achamos que não existe, e ainda faz uma coisa dessas?!” rsrs. Uns anos depois, eu fiz isso de fato. Porém, como eu estava dizendo, lembrei do que ela falou, e não vou fazer como fiz da ultima vez. Apenas vou limitar um pouco mais meu contato com a rede social.
Só acho que já fui mais maduro um dia, e sinto falta disso. O conteúdo da internet tem limitado muito o meu conteúdo particular. Quero pegar esse meu tempo livre, e investir mais em mim e em amizades. Me entende?

---------------------------------//---------------------------------

Ontem, fui a São Paulo em um aniversário, o qual um primo muito querido estava lá também. A um tempo ele queria conversar comigo pessoalmente, e lá tivemos essa oportunidade. Me impressionou o assunto, para um cara como ele. Acontece que ele sempre foi da “curtição”, vida louca, etc… e agora, ele quer sossegar. Me procurou pra pedir conselhos, pois admira meu ritmo na idade que estou, sem me importar tanto. Disse que sente falta daquela velha coisa de conhecer a mulher, conversar, gostar dela, sentir aquele frio na barriga, ter dificuldade em falar alguma coisa significativa, etc. Então eu disse a ele a minha linha de raciocínio quanto a esse tipo de coisa.

Você quer saber o que é gostar de verdade de uma mulher? Pare de selecionar com quem terá contato. Sabe aquela “esquisita” que te adiciona no facebook? Aceite ela, e comece a conversar. Conheça ela! É uma coisa que muita gente já ouviu falar, mas dificilmente procura… a beleza interior. Se apenas o papo for bom, mas não rolar um sentimento, fica tranquilo. Amizade nunca é demais. Mas no momento que você se der conta que está gostando de uma “esquisita”, “feia”, ou qualquer uma que não passaria no seu conceito de beleza física, você chegou onde queria. Aprendeu a gostar de uma mulher, por quem ela é, e não por como ela é. E a melhor de todas, por incrível que pareça, será aquela que irá te cegar para todas as outras. Isso acontece! Experiência própria. A gente, enquanto sem compromisso, conversa com uma mulher ou outra, que desperta o interesse, e a gente já cria um lugar de dedicação pra ela, pra ver até onde vai. E quando encontramos essa que nos cega, você vai notar que não vê mais as outras mulheres como via antes. Bem capaz ainda, soltar um “sai fora” para uma atirada, kkkkkkkkkk. Te juro.
Seus amigos vão te estranhar, vão te encher o saco chamando de “viado”, “gay” e tudo mais, só que nesse estado, a gente está tão satisfeito com a vida, que pouco importa o que o mundo pensa. As pessoas que participam de sua rotina vão notar isso. Tudo em nós melhora. Pare de perder tempo com mulher superficial, e acho que nem preciso lhe dizer como identificar uma.

Claro que podemos ter a sorte de sentir isso por uma que se encaixe no nosso gosto, mas pode ser nós mentido para nós mesmo! Você viu as fotos “dela” e sabe que é linda! Qualquer bobo vai querer se enganar e dizer que realmente está gostando dela. Então, se realmente quer sentir isso, tenha cuidado.

Espero ter ajudado ele, e mais alguém que por ventura venha a cair nesse post.

---------------------------------//---------------------------------

Falando em “achar alguém”, ontem fui ao ensaio de casamento dos meus amigos, que serei padrinho! \o/  (kkkkk, ainda não sei o porque isso é tão legal). Ele com 25 anos, e ela com 20! Novos não!? Olhando pra aquela cena, daquela menina tão nova agitada pra lá e pra cá tentando arrumar o ensaio, e aquele meu amigo lá, sorridente, realizado, e muito corajoso kkkkkkkkk.

Não consigo me ver casando. Sério. Não sei o que é, mas acho que me preocupo demais com a responsabilidade. Acho bonito essa coisa de tomar uma decisão dessas, contruir uma família, mas tão cedo? Se eu fosse bem financeiramente, era outra história, claro. Quero ter certeza de que eu possa oferecer qualidade de vida pra minha família. No caso deles, ambos trabalham, mas já ganharam carro, casa e mobília dos parentes. Não tem muito o que fazer… só casar, se mudar e tocar a vida. Graças a Deus isso deu certo pra eles. 
Mas e quanto a mim? Acho que se Deus quiser que seja mais cedo do que eu espero, bem… acho que eu vou saber, e Ele vai me dar bons motivos. E é no plano Dele que eu devo confiar.
Mas até então, não vejo sentido. Parece ser algo tão sem valor hoje em dia. Em outras palavras é só a “permissão” para poder transar, no caso de quem leva isso a sério. Aí faz, tchutchutchu tchatchatcha, separam, e aí?
Por enquanto eu não vejo razão pra levar isso a sério.

Pois bem… vou continuar na minha vidinha mesmo, seguindo em frente, postura reta, e olhos no horizonte. Na hora que eu tropeçar, eu vejo no que foi que tropecei. XD

 

Obrigadão pela atenção

ósculos e amlexos

Indo até o passado. Quatro anos de blog, 2 anos de trabalho, especial dia das mães, e mais coisas pra escrever no próximo post.

19 de Maio de 2013!!! Mais de dois anos que eu trabalho, formado, e com ótimas perspectivas de crescimento profissional, fruto de minha recente formação! :D
Quem diria hein… a vida realmente é muito louca. Tiro isso pelas coisas que escrevo no blog. Pois já são 4 anos de blog! QUATRO ANOS! Nossa… me lembro do primeiro dia que eu comecei com essa ideia. Eu não escrevia com tanta frequência, pois não sabia bem o que seria dele. E muito menos fazia ideia de que iria durar tanto. O propósito mesmo, não é ficar divulgando e querer ser reconhecido. E refletindo agora, me dei conta que não tenho uma definição para a utilidade dele. É um pouco particular e não é ao mesmo tempo. Pessoas queridas tomaram conhecimento dele, acompanharam ou ainda acompanham, me motivaram a continuar a escrever, anônimos deixaram suas marcas de “Hey, eu leio seu blog”, e tenho visitas de outras partes do mundo. Tenho até mesmo um leitor muito fiel que mora na Rússia! Como pode? kkkkkkkkkk ou ele(a) sabe português, ou o google tradutor daqui traduz muito bem para o russo, rsrs. Seja lá quem for, obrigado pelas visitas ^^

Fui até um post que escrevi um pouco antes de me mudar para Jundiai, chamado “vida imprevisível”. E refletindo com meus botões, pensei: “Se hoje eu voltasse no passado, o que eu diria para eu mesmo?”

“Por favor! Fique como está! Não se assuste! rsrs. Acabei de ler o que você vai escrever. E meu amigo… Você realmente não vai se mudar nem tão cedo. Você vai arranjar um trabalho muito bom, e vai pensar diversas vezes em “pedir pra sair” por causa da correria trabalho-faculdade. Mas não desista! Pois é por isso que poucos conseguem. Você vai concluir sua faculdade e será recompensado, vai por mim. Você só vai se mudar, se alguém lhe der um emprego no Canadá! Beleza? E eu sou fruto de sua imaginação enquanto pensa no que escrever aí.”

PUFF, e eu simplesmente sumo.
                                               EU

---------------------------------//---------------------------------

Bom… dia das mães, fomos eu e meu pai para Itapeva, passar com a minha vó. Não achei que seria lá aquelas coisas, porque no sábado teve o batizado de uma priminha, e com certeza todos os parentes iriam para uma chácara comemorar, a qual fica isolada da cidade e sempre nos faz ficar por lá mesmo. Mas não… Como a noite é uma criança, conseguimos sair pra descontrair um pouco (:

Fomos ao PUB, que eu particularmente adoro aquele lugar

image
http://www.thesquarepub.com.br/

00:00 enceram-se os pedidos. Tradição.

Depois uns amigos chamaram para outro bar. Fomos lá, conversamos pra caramba, fechou o bar, e… fomos para OUTRO bar, kkkkkkkk. Esse terceiro bar por sinal, possui algo nele que proporciona conversas muito produtivas entre eu e meu primo. Nada de bebida… só conversa mesmo. Interessante.
Depois fomos para OUTRO BAR (o ultimo, finalmente).

Que não é bem “bar”… é baladinha. Entramos lá, encontrei com algumas pessoas que eu conhecia, me deu sono, calor, e aquele sertanejo pesado, me fizeram procurar ar fresco. Fiquei lá em uma espécie de deck, sentando em um banquinho, e conversando com um primo.

O pessoal acha um absurdo eu fugir da “festa”, mas na verdade, pra mim eu não fujo. Eu paguei pra entrar e pra ter um ambiente agradável. Pra mim, lá fora, no ar frio e fresco, era meu ambiente agradável. Enfim… amigos vinham conversar. Consolei ex-namorada de primo chorona, kkkkkkkkkk. Uma prima, que nessa noite mudou meus conceitos sobre ela, veio também chorar tomando minhas dores tadinha…. coitada, ela sempre disfarçou muito bem os problemas dela, e nessa noite, me vendo na mesma situação, não se aguentou, e chorou por nós dois. O interessante é que ela simplesmente percebeu o que havia acontecido comigo. Tadinha… darei mais atenção a ela nas próximas vezes.

Acabou a noite, dei muita risada, conversei bastante… enfim. Domingão, dia das mães, chácara de novo, muito tiro de chumbinho em laranjas distantes (podres), família, etc… De volta pra casa.

---------------------------------//---------------------------------

 

CONTINUA…

Música antiga e boa

Na verdade ela é do Elvis, mas o grupo Pet Shop Boys gravou uma vesão mais animada.

Meu pai possui o cd desse grupo desde que eu me conheço por gente, então lembro de escutar ela quando eu tinha mais ou menos 6 ou 7 anos. Mas ontem escutei ela na radio, e como meu inglês está um pouco mais aguçado, pude apreciar melhor a letra.

Recomendo escutar alto ^^

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Agora, a vez daquele que está feliz ^^

Dia 24 de Abril, foi o dia do desespero. Haha, mas calma. Nesse dia, abriu as vendas para a pré-venda de ingressos do show do Paramore, somente para membros do fã club.

O grande “perrengue”, foi que eu soube que já estava liberado enquanto eu estava trabalhando! Fora que eu tinha combinado com um primo, e ele estava um pouco desatualizado. A gente queria a área premium, e é obviamente a mais concorrida. Se eu comprasse a tempo e ele não, ia ficar um clima super sem graça. Não ficaríamos juntos no show, ou quem conseguisse comprar iria abrir mão do ingresso privilegiado. COMPREI O MEU. Corre Eduardo! Compra logo! E ele não conseguia ter acesso ao código promocional dele, depois não tinha dinheiro para aquele valor, depois não tinha cartão de crédito, e depois de muitas ideias, conseguimos fazer com que ele comprasse o dele! \o/ \o/

A gente não para de falar nisso. Todo dia temos algo pra falar. Seja alguma observação de música, ou alguma parte da nossa correria no dia do show.

BUD ZONE – lá onde o suor da banda vai cair kkkkkkkk

----------------------------------------------------------------------------------

Estou sentindo que estou voltando a um estado, digamos, menos instável. Pois é… eu estava cheio de ações dos 5 minutos. Acho que deixei a poeira abaixar, e vejo que sinto um pouco de falta daquele ritmo que já estive um dia. É uma coisa pessoal sabe… acho que ninguém que me conheça notaria o tipo de mudança que estou falando. Enfim… só pra registrar mesmo XD

 

Volto a dizer que preciso urgente terminar de ler aquela “prisão de papel” que me comprometi a ler. A fila está grande! :D

Músicas! Músicas músicas… alguém me indica? Índie de preferência. Pois se tem uma coisa muito boa que tenho feito ultimamente, é dirigir ouvindo música :D
Essa ritmo de fazer inglês, e sair com amigos (na verdade não são tantas pessoas, kkkkkkk) tem feito eu praticar bastante a direção. Estou muito feliz comigo mesmo! Até passei por alguns desafios/puzzles da vida real XD

Assistam! Beginners: toda forma de amor. Intocáveis. Django livre. E pra quem gosta dedesenhos, e principalmente jogos, DETONA RALPH.

 

O meu “momento empresa” dessa vez é: Maldita Philips.
Nada contra a marca, até gosto muito dela e tenho boas experiências. Mas acontece que a partição de televisores dela, virou cliente da empresa que eu trabalho. E a instalação dela está provocando muita bagunça! Quase fiquei louco esses dias! Tendo que me dividir em 3 pra resolver os problemas de todo mundo, pra no final das contas eu dizer que não havia disponível aquele produto que venderam, a não ser na área de avarias (onde tem que trocar a embalagem). E depois, soube que foi CAGADA deles, de não terem atualizado as informações sobre a quantidade de produtos com avaria no sistema deles. E olha que o produto era televisão de 47” !

 

Lembra que eu disse que andei com o Wand (meu waveboard/ripstick) em Itapeva, destruiu as rodinhas e tudo mais? Então… comprei outras, blablabla, fui andar no parque da cidade… pfff, lá se foi a rodinha nova! D: Durou um passeio só. Aí que me recordei que comprei ela pra poder andar em asfalto, que era o piso da praça em Itapeva. Mas no parque da cidade, é outro piso mais destruidor ainda :/ Pelo menos paguei baratinho nelas. Agora, já entrei em contato com um pessoal que conhece essas coisas, e me indicaram uma única loja em São Paulo, pra comprar a rodinha mais resistente deles. Capaz eu sair gastando mais do que eu paguei no próprio Wand  :S 

 

Eu estava todo empolgado pra escrever alguns devaneios, mas não me lembro de nada direito :/ sabe como é? Vou ter que voltar a andar com um caderninho na mochila pra anotar essas coisas.

 

Acho que em breve vou ter que trocar meu PC e meu celular Ç_Ç
O PC já não aguenta mais atualizações, e meu celular não dá mais conta do recado, kkkkkkkk, literalmente. Então, tenho pensado muito em aproveitar isso pra fazer maior proveito da minha mesa, e investir em um All-in-one. O legal mesmo seria um Imac, claro. Mas além do software fechado, tem também o preço dele, que é bem salgadinho em comparação às demais marcas. Alguma outra sugestão? Tem um dell também… E quanto ao celular, estou só esperando o lançamento do NOKIA Lumia 720. É um ótimo custo benefício! Pesquisa lá. Ele funciona com Windows phone 8, mas acho que é isso mesmo que eu quero. Android trava muito! E eu odeio essas coisas falhas. Precisa ser perfeito! E a opção perfeita, seria o Iphone, mas já tenho o Ipod que faz todas as coisas que ele faz já, menos ligação telefônica, óbvio. E porque o Iphone é O cara dos celulares? Simplesmente porque a Apple faz a arquitetura de programação do SO especialmente para o hardware deles. Diferentemente dos outros sistemas operacionais, que são feitos para servirem em diversos aparelhos. Explicado?

 

Tenho pensado também na minha futura segunda graduação, ou em uma pós. Ainda estou em uma tremenda dúvida :/ Pós, quero tentar na USP ou na UNICAMP. Ou, faço cursinho de pré-vestibular sem muito compromisso, pra não ficar parado sabe?e Obviamente, tentar vestibular no final do ano. Acredito que estudando sem toda aquela pressão de “minha vida depende disso”, eu consiga um desempenho melhor do que eu teria em época de escola. E nem quero continuar a falar nisso, porque me irrito ao lembrar tudo o que me atrapalhou nessa conquista.

 

Preciso partir pra violência no GTA a qualquer instante pra aliviar. Que por falar nisso, o GTA V será O jogo! Estou muito ansioso!

 

Chega, acabou, até mais.

Obrigado ^^

ósculos e amplexos

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Ao som de Florence + The machine, vinte e poucos dias sem escrever de fato, aqui estou eu. Com a alma cheia de poeira, e o sr. psicológico debilitado, aos cuidados de Deus.

Mas esse recinto, não merece que eu encrave as palavras duras de sentimentos frios. Ficaria eternizado aqui ao lado de meus bons momentos. Acabando com a escência de felicidade cedida por estes, provenientes de minhas vitórias particulares.

Episódio repetido. A diferença é que dessa vez não há “anjos” físicos com que eu possa contar. Talvez até haja, e eu ainda não percebi. Eu diria que estão comigo diariamente até o momento em que cada um vai para a sua casa.

Veterano nesse campo de batalha, infelizmente o encaro novamente. Lembranças trazem o meu eu de um passado não muito distante, e me orgulho dele. Se não fosse aquele meu compromisso de valor mensurável no final de cada mês, eu voltaria àquele “eu” por completo.

Saudades de um tempo que não volta mais. Saudades de um valor que se perdeu no tempo a muitos anos.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

fechado

Nada relacionado à criatividade. Apenas ia escrever e deu sono. Amanhã eu escrevo.

o/

sábado, 20 de abril de 2013

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Se eu já disse, eu digo de novo

Viva

Obviamente, não viva simplesmente no sentido literal da palavra. Se você é aquela pessoa que só nasceu, estudou, trabalha, faz amigos, envelhece e espera morrer, obviamente você não vive.

VIVA com tudo maiúsculo!

Experimente o novo. Não tenha medo de arriscar. Não crie expectativas. Não viva esperando por alguém, apenas deixe que as pessoas certas apareçam. Se apaixone rapidamente. Se apaixone lentamente. Não faça planos em cima do “talvez”. Planos são para quem tem 50%… se der certo, vai ser “isso”, se não der certo, vai ser “aquilo”. FAÇA enquanto você ainda acha que não tem coragem de fazer, pois chegará o dia que você terá certeza de que não pode mais fazer. Arrisque. Gaste seu dinheiro com algo que será difícil de gastar no futuro. Dirija ouvindo música alta. Cante junto, mesmo não sabendo cantar. Aprecie a madrugada. Tenha alguém especial para se dedicar, seja uma amizade forte ou um parente. Nunca pense que está velho demais para aprender. Ache a sua banda favorita, a música favorita, o texto favorito, o filme favorito, o livro favorito, e compartilhe com quem achar que merece. Viaje. Não abra mão de pessoas que já te fazem bem, por pessoas que provavelmente vão te fazer melhor.

A intensidade do incerto me movimenta.

Vivamos o agora

 

“Eu quero um punhado de estrelas maduras. Eu quero a doçura do verbo viver.”  — Caio Fernando Abreu

Paramore: Still Into You (Clip)

terça-feira, 2 de abril de 2013

O melhor ano, a melhor sensação, sensações indescritíveis, shows das minhas 2 bandas preferidas, vídeos e fotos :)

Toda vez antes de escrever, eu dou uma olhada no meu blog pra ver o que se passava da ultima vez que escrevi. Dou uma olhada no calendário do computador para eu ter noção dos dias que se passaram, e às vezes dou uma relida em “conversas chave” ^^

Mês de março foi um mês cansativo pra mim, e só tive pique pra escrever duas vezes. Porém, fechei o mês com chave de ouro! \o/

Bom… Semana passada foi uma semana e tanto :D

Não vou negar que há algo mais por trás de toda essa felicidade “espontânea”. E como me disseram, comecei a semana estourando, kkkkkkkkkk. Sorriso estampado na cara, e disposição além do normal para quem teve poucas horas de sono. Todo mundo na empresa falando que estou diferente…  Pois bem, tentei ir dormir o mais cedo possível na segunda, pra ver a terça chegar mais rapido. E finalmente chegou a terça-feira! E bem, não vou dizer o que tinha na terça XD. Depois disso, foi um pulo para chegar no feriado prolongado.

lollapalooza!!!!

19 

Tudo começou na quinta-feira. Eu e o Henrique (Henrique Paulo XD), combinamos de irmos juntos. Fechamos com uma caravana, e fui pra Campinas na quinta de noite. Dormi lá na casa dele, e 6:30 da sexta-feira, estávamos no ponto de ônibus, com um belo de um amanhecer

2013-03-29_07-02-01_393

Chegamos ao ponto de encontro, e logo ia se percebendo pelas roupas, quais eram as pessoas que iam também para o evento :D

E nos encontramos com mais dois amigos.

Diálogo clássico:

O senhor da caravana estava pegando os nomes de quem estava presente. E quando se trata de dar nomes, eu e o Henrique temos que ser um seguido do outro, rsrs.

- Como é o seu nome?
- Henrique Paulo
- Certo, e o seu?
- Paulo Henrique
A reação do tiozinho foi semelhante a essa
6

XD

Viagem tranquila, caravana animada, e finalmente chegamos.

Entramos assim que abriram os portões, e estava tudo muito tranquilo.

2013-03-29_12-09-12_611

2013-03-29_12-09-18_273

2013-03-29_12-15-45_882

2013-03-29_12-22-17_140

Esse palco, foi o palco do The Killers, a maior atração do dia. E no início, estava tocando a música tema do star wars BEM ALTO, rsrs.

Então, para adiantar logo o nosso lado, fomos comprar o que tinha pra comprar, comer, e se preparar para 11 horas de muita caminhada, tempo parado em pé, e pulos, MUITOS pulos (porque é assim que dançamos). Planejamos todo o itinerário, com mapinha na mão, e estratégia de locomoção.

Fomos para o palco do maior motivo de eu ter ido pra lá. O palco do Of Monsters and Men, que começava às 15:15. Chegamos lá às 13h, assistimos a uma banda chamada Holger (nacional legalzinha), e depois… depois deles eu comecei a surtar, rsrs. Eu estava muito ancioso. Lutei por uns lugarzinho o mais próximo possível, e fiquei a uns 4 metros da grade. Ali estava bom já :D

Quando eu vi os integrantes entrando no palco, começou a arrepiar tudo! Poxa, indescritível a sensação! As músicas de minhas manhãs, e o que minha imaginação produzia sobre a sensação de um show ao vivo, estavam ali acontecendo! Eu cantando junto com a banda, pertinho deles, e cantando alto, com todas as minhas forças, mãos pra cima, e às vezes aquela leve fechada de olho pra abrir novamente e ver que realmente estava ali.

Toda a banda muito carismática, e com muita presença de palco. E mais uma vez eu repito; a sensação é indescritível.

Não tirei muita foto, nem gravei muita coisa, por questões de poder aroveitar mais o espetáculo. E todo mundo que faz isso, faz só na primeira vez, pois por mais que sejam alguns minutinhos, você se arrepende de não ter visto 100% . O que eu filmei, filmei apenas porque eram momentos calmos, mas não desgrudei os olhos do palco ^^

Logo depois, ficamos no mesmo palco esperando pela próxima banda, Cake, que também foi muito boa! Até apareci no multishow no momento que eles tocavam, rsrs.  Nesse show, tivemos que sacrificar os ultimos 15 minutos, para irmos para o outro palco a 500 metros, assistir uma banda chamada The Flaming Lips, que o Henrique gosta, mas foi uma bosta kkkkkkkk. Praticamente todo mundo que estava naquele show, só estava lá por causa da ultima banda que era o The Killers. Mas o cantor foi engraçado em alguns momentos ^^

O intervalo do The Flaming Lips para o The Killers, foi quase eterno. Todo mundo se apertando, tentando chegar o mais perto possível. Eu estava cansado já, quando uma gordinha veio do céu, kkkkkkkk. Vou explicar… Eu lá em pé, todo moído, com as costas doendo já, e de repente algo extremamente fofo encosta nas minhas costas. Escutei a voz feminina perguntar para alguém se ligava que fizesse aquilo (o namorado dela com 347 metros de altura, careca, nazista, do mau), e graças a Deus ele disse que não ligava! Porque eu também não. As costas dela parecia um colchão. Dane-se se não me perguntou se incomodava… eu já estava soltando meu peso nas costas dela também. E nem vi como eram, pois só o vulto do cara já bastou para eu não querer ver quem era.

Dessa vez ficamos a uns 20 metros do palco. Quando finalmente começou aquele show… pelo amor de Deus… Loucura total! Todo mundo pirou! Foi o coro mais bonito que já escutei em toda a minha vida. Todo mundo cantava e pulava muito! Todos juntos!

A melhor pra mim, foi essa:

E da chuva de papel laminado, eu trouxe uma lembrança

cara… tiveram o trabalho de cortar todos em formato de “K” e de um raio! :B

O que eu filmei

E pra fechar de uma vez por todas, com chave de ouro, na saída, eis que eu vejo um gringo bem doido, rsrs. Ele estava só de bermuda, um jaleco branco aberto, um estetoscópio, uma fita segurando o cabelo… OH WHAIT!? Era o baterista do of monsters and men!!! Ainda na dúvida, sem acreditar muito naquilo, ia andando e observando mais, até que ele pega uma cornetinha e… COMEÇA A ASSOPRAR no ritmo de Little Talks!!!!!! Noss, pirei na hora. Logo depois apareceu mais um dos que ficam no fundo, mas não deu pra reconhecer muito bem por causa do cabelo dele grudado no rosto. E sairam junto do pessoal, assoprando no ritmo da música. E na hora do “hey!” só eu e mais umas 4 pessoas gritava junto, rsrs. Não tive como parar pra tirar foto por causa da turma da caravana, que estava indo e eu precisava acompanhar :/

No final da noite, eu e o pessoal que estava junto, nos demos conta do quanto estávamos focados naquele lugar, kkkkkkkkkkk. Seguimos à risca o que planejamos.

E pra acabar comigo… PARAMORE NO BRASIL DE NOVO!!!!!!!!!! 8

Fevereiro desse ano, fez 2 anos que eles vieram. E lembro exatamente da Hayley prometendo que eles não levariam mais 3 anos pra voltar (o primeiro show foi em 2007). E putz… esse é O ano! Tantas coisas boas acontecendo :D

Dia 30 de Julho! E dessa vez, como membro do fã club, eu poderei comprar antes das vendas oficiais, comprar para Pista Premium (aquela que cai suor da banda na sua cara de tão perto kkkkkkkkk) \o/

Eu e meu primo acertamos hoje, mais uma vez, dois marmanjos se esguelando no show do Paramore XD. É uma banda que tem significado sentimental pra nós. Marcou uma fase de nossas vidas, e somos muito gratos à existência deles.

E vai ser a turnê do novo album “Paramore”  :D Que eu já comprei o meu em janeiro! (3 meses antes de lançarem, rsrs) Chega esse mês ainda, ou no próximo, porque comprei um Boxset que foram fabricados apenas 7 mil dele, então é um negócio mais bem trabalhado :B

Argh! To louco!

 

          Karina

Bem, é isso (:

Obrigado pela paciência.

Ósculos e amplexos