quinta-feira, 27 de março de 2014

Um pouco sobre Calgary

Digo Calgary, pois não posso generalizar como Canadá, porque as cidades aqui podem ser bem diferentes umas das outras.

Vou começar pelo clima… Calgary é uma cidade que está a um pouco mais de 1000 metros acima do nível do mar, então ela é uma cidade muito seca! MUITO mesmo. As regras principais pra todos aqui são: use sempre manteiga de cacau, tenha sempre em mãos uma garrafa de água, e nunca deixe de passar hidratante. Isso é sério. Eu nunca precisei usar hidratante no Brasil, e aqui já tive que comprar logo um pote de 725 ml. Toda manhã, passo no rosto, no peito, nas costas, nos pés, e nas mãos. Deixei de passar dois dias seguidos, e minha mão ficou toda rachada, e esbraquiçada. Não reconhecia minha mão.
O inverno aqui é extremamente rigoroso. Não peguei o ponto mais forte, mas peguei uma amostrinha de sensação de -50° como comentei no post anterior. No dia que eu cheguei, estava -30°, e ficou nessa média a semana inteira. Aí veio o abençoado do vento Chinook, que é um vento que pode fazer a temperatura subir até 20° repentinamente. Essa é a fama da cidade também… o clima é muito instável. Eles dizem aqui, que se você não gostou da previsão de temperatura agora, espere 5 minutos e olhe de novo. rsrs
Então na mesma semana, entre dois dias, eu sai dos –20° e fui para os 9°, depois voltei para os –15, e tenho ficado nessa desde então. A previsão, é que só saia do negativo novamente a partir do dia 30 de março. Isso sem contar com o Shinook. Então vou torcer para que ele venha nesse meio tempo rsrs. E eu até que adoro frio sabe, mas eu digo isso porque o frio que eu conhecia, tinha sol de tarde, e aqui, tem 1 hora de sol no dia, e olhe lá rsrs. A ausência do sol é tamanha, que aqui vende muito vitamina D, que é a que ganhamos no sol. Se você não tomar, você pode até entrar em depressão :S Tenso.
E uma coisa que ataca fácil as pessoas aqui também, é um tal de um vírus chamado Flu (acho que é tipo uma gripe). Tem vários níveis. E eu peguei um deles essa semana. Fiquei de cama dois dias seguidos. A coisa foi tão feia, que eu pensava que hoje era terça, e na verdade, eu dormi a terça inteira. Eu perdi dois dias de aula :/
Mas agora estou melhor, graças a Deus. Meus sintomas eram dor de cabeça, tontura, dores no corpo, ânsia, falta de apetite, frio e calafrios. Me disseram que em 4 dias eu fico 100%, mas acho que amanhã mesmo já posso ir pra escola.

A cidade é extremamente organizada. Não vi nada de lixo na rua até agora, e se for pego jogando, toma multa. Criança de dia? Estão todas na escola. Não vi ninguém até agora pedindo dinheiro na rua. Pedestre tem semáforo para atravessar a rua. Se atravessar no vermelho, ou fora da faixa, toma multa também. Fora isso, pedestre tem sempre a preferência. É incrível! Parou na esquina, o primeiro carro que vier, já vai parando para você atravessar (quando não tem semáforo). Teve um dia que foi super engraçado, porque eu achei que aquela quantidade enorme de carro, em uma avenina de mão dupla com 4 faixas, estavam parando por qualquer coisa, menos por causa de mim. Sério, nem lembrei na hora a história da preferência. Pra mim era mais fácil acreditar que todos estavam parando pra ver um meteoro caindo do que simplesmente me deixar atravessar a rua. Incrível. Como tudo de errado aqui toma multa, certamente eles devem ser multados se não parar nessas horas, eu acho. Outra coisa que dá multa aqui também, é consumir bebida na rua. E tem loja certa pra bebida aqui. Você não pode comprar em mercado igual no Brasil. Os locais que vendem, são chamados Liquo store, e são do governo.

O transporte público daqui é impecável. Os ônibus tem uma aparência velha, mas andam que é uma beleza! E são todos automáticos. E o sistema de transporte em si, é bem enxuto. A cidade inteira tem apenas 4 linhas de metrô que vão até as 4 extremidades da cidade. Duas fazem Norte-sul e duas fazem leste-oeste. A cidade tem como referência principal, duas aveninas. Uma na vertical, e outra na horizontal. Elas se cruzam, e fazem os quadrantes Norte-Leste, Norte-Oeste, Sul-Leste, Sul-Oeste. É muito fácil se localizar aqui. Então para cada região/estação que os trens param, tem uma quantidade de linhas de ônibus que vão até essas estações. Esses ônibus tem pequenos itinerários pelos bairros. É sempre assim… eles rodam o bairro e vão para a estação. E tem hora certa pra tudo. Inclusive, cada ponto de ônibus tem um número de telefone. Você liga nesse número, e a secretária te informa a hora que o próximo ônibus vai passar. E não tem exagero. O que eu pego de manhã por exemplo, tem uma linha de 07:14 e tem outro de outra linha 07:36. Ele não passa 07:13 ou 7:15, é 07:14!! Se, por ventura, ele chegar no ponto 07:13, ele fica parado até 07:14, rsrs. O número de telefone, serve também para você reclamar de algum atraso. Será que isso ia dar certo no Brasil? kkkkkkkk Aqui por ser colônia britânica, eles prezam muito pela pontualidade. Na minha escola por exemplo, chegou atrasado, você tem que esperar a próxima aula pra entrar.
Ainda falando do transporte, aqui tem muitos ônibus e trens, porém pra poucas pessoas. Esses ônibus de bairros residênciais por exemplo, são pra 25 pessoas, porém tem muitos circulando. E os trens também, cada um tem 3 vagões só, porém a cada 2 minutos passa um. E todos, como todo lugar público da cidade, tem aquecimento interno. Alguns pontos de ônibus tem também. E dependendo da estação, tem uns locais fechados de vidro, que apenas os bancos são aquecidos. E aqui é assim… você paga 3 dólares pra qualquer passagem. Se você pegar um ônibus antes de um metrô, você paga o motorista com um ticket que você pode comprar em cartelas de 10, ou em 3 moedas de 1 dólar. Ele não te dá troco. Tenha isso em mãos, ou fique sem troco, rsrs. Então, se você for precisar pegar um trem depois do ônibus, você pede um ticket pro motorista. Esse ticket, lhe permite usar qualquer outro transporte público quantas vezes for necessário dentro de um prazo de 90 minutos. E caso você pegue o trem primeiro, você tem que validar o ticket na estação, e nessa validação é carimbada a hora que você começou a utilizar o transporte. For a esse controle, tem o controle da fiscalização nas estações, que é raro, mas dizem que tem. Eu até hoje não vi. Se quisesse, tinha andado de metrô de graça até hoje, rsrs. Porque todas as estações são abertas. Não existe catraca pra entrar nelas. Você simplesmente entra nela, espera o trem, e pronto. Se a fiscalização passar, eles vão pedir o seu ticket com a validação, ou o seu monthlypass, que é o que eu uso. O monthlypass é um cartão que você compra todo final de mês, para usar no mês seguinte. Ele custa $94, e você pode usar o transporte avontade. Muito mais vantajoso pra mim, que estou o tempo todo indo pra todo canto. Teve dias que usei o transporte mais de 10 vezes.

Bom… Fora essas coisas, tem o próprio canadense. Como alguns dizem, parece que eles sairam de um conto de fadas. kkkkkkkkkkk São extremamente simpáticos, educadíssimos, prestativos, e divertidos. São loucos por roquei e lacrosse. Em dia de jogo, alguns motoristas de ônibus colocam no letreiro do ônibus mensagens como “Go Necks, Go!” para o time daqui. E em dias normais, eles colocam “Have a nice day”.
As vezes que parei pra perguntar alguma coisa pra alguém, sempre teve mais alguém que ouvia minha dúvida e ia tentar me ajudar também. E depois que te ajudam, ainda desejam um bom dia, ou tenha um bom almoço, ou boa sorte. São demais!

Até onde eu lembro de comentar, eu escrevi… se com o tempo eu for lembrando mais coisas, eu vou acrescentando nos próximos posts.

E esse blog não é do gênero de se ficar divulgando ele, mas se por acaso você caiu nessa postagem, e tiver alguma dúvida quanto a Calgary, pode perguntar aqui ;)

Obrigado pela paciência

Nenhum comentário:

Postar um comentário