segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um tipo de felicidade

Que só alguém pode te dar. Você não pode simplesmente a buscar, produzí-la, ou pedi-la. Nem ninguém consegue escolher a quem dar essa felicidade. Na verdade, é ela quem escolhe a quem quer ser dada.
Porém, ela no primeiro instante vem acompanhada de medos. A sobrevivência dela, depende da proximidade de quem a deu. Seu maior medo, é de que quem a deu não tenha a intenção de continuar a cativá-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário